Início Especial Publicitário

Credicentro agora com o internet banking para facilitar cooperados

Cooperativa de Crédito que agrega produtores rurais qualifica seus serviços dispondo da tecnologia como recurso para sua expansão. Suas operações já caminham para oferecer os mesmos serviços de uma instituição bancária convencional. 

260
Diretores da Credicentro Herbert Muller Junior, Jaime Alberto Vasconcellos e Mário Elcio Danielli com o gerente administrativo Rodrigo de Almeida

Setembro foi um mês pontuado pela euforia dos diretores, colaboradores e cooperados da Credicentro, cooperativa de crédito formada em assembleia no dia 20 de maio de 1982. Estatutariamente inscrita como Cooperativa de Crédito dos Fornecedores de Cana e Demais Produtores Rurais do Centro do Estado de São Paulo, a Credicentro atua em uma grande área formada por Américo Brasiliense, Araraquara, Boa Esperança do Sul, Ibaté, Matão, Nova Europa, Ribeirão Bonito, Rincão, Santa Lúcia, São Carlos, Gavião Peixoto, Trabijú e Motuca.

Trinta e sete anos se passaram; com o emprego da tecnologia e visando atingir esse movimento ascendente do cooperativismo financeiro, a Credicentro se fortalece e foca suas atividades no econômico social, aproveitando a necessidade que as pessoas têm de bom atendimento, relacionamento saudável e transparente com uma instituição financeira.

Para o presidente Mário Elcio Danieli, isso em breve fará a diferença e gerará um grande momento para a cooperativa, pois ela se preocupa com seus cooperados.

 “Os gestores precisam estar atentos ao crédito, aos negócios e aos associados, para que haja o atendimento das suas necessidades, sem prejuízo da atenção aos riscos. O setor é bastante regulado, o que contribui para a estabilidade, mas é importante não perder a oportunidade de estabelecer a relação da cooperativa com seu dono, que também é associado e cliente”, comenta o dirigente.

AS MUDANÇAS

A nossa cooperativa, diz Mário Danieli, ainda não possuía um sistema adequado de atendimento; tínhamos então pela frente duas opções – de irmos para uma central ou buscarmos um sistema mais evoluído, prático, seguindo os passos da modernidade. Dentre os sistemas procurados o que mais se adequaria ao nosso estilo seria o elaborado pela Fácil que possui a FacCred, sistema integrado de gestão empresarial ERP, desenvolvido para automatizar de forma flexível e segura os processos operacionais e gerenciais de Bancos e Cooperativas.

No dia primeiro de setembro, após quase três meses de negociações, a diretoria da Credicentro finalizou os detalhes contratuais com a Facil e a cooperativa passou a oferecer aos cooperados os serviços do Internet Banking: “Toda mudança apresenta alguns transtornos até que as peças estejam adaptadas aos seus lugares, mas felizmente já está atendendo muito bem”, diz Mário Danieli.

Para ele, a implantação foi ótima, pois a Credicentro se mantém vinculada ao Banco do Brasil. Se tivesse migrado para outro sistema, as contas dos cooperados teriam que ser encerradas e abertas em outra Central, como Sicoob por exemplo. Mantendo o sistema, as compensações seguem no Banco do Brasil.

O gerente administrativo, Rodrigo Donizeti de Almeida, afirma que agora as operações da Credicentro são realizadas pelo Internet/Mobile Bank, oferecendo os serviços de um banco convencional, gerando até boletos e trabalhando com consórcios. Ele afirma ainda que com as mudanças, a Credicentro vai abrir contas para entidades sem fins lucrativos, como sindicatos, associações, empresas do setor canavieiro, buscando empresas e funcionários. As inovações vêm facilitando a vida do cooperado principalmente dos que residem em outras cidades: “A tecnologia permite o avanço, com comodidade e serviços mais ágeis; além disso, quem é cooperado da Credicentro, encontra vantagens e benefícios, finaliza Mário Danieli.