Início Esporte

Atletas da base enfrentarão potência do handebol paulista

Sesi Araraquara enfrentará EC Pinheiros na abertura do Campeonato Paulista em Arujá (SP), às 18h30, nesta segunda-feira (16)

11
Crédito: Divulgação

Com ritmo intenso de treinamento, a equipe masculina sub-21 de handebol do Sesi Araraquara/Fundesport está pronta para a estreia contra o Esporte Clube Pinheiros, pelo Super Paulistão de 2020, em Arujá (SP) nesta segunda feira (16), às 18h30.

O Paulistão será disputado por 22 equipes, entre masculinas e femininas, no período de 16 a 22 de novembro, no formato de “bolha” com assistência médica, alimentação e alojamento no Complexo Esportivo de Arujá.

O técnico Felipe Fanelli, o Periquito, confia em bons resultados do Sesi Araraquara que terá em sua estreia atletas formados nas Escolinhas de Esportes da Prefeitura.

“Nós vamos competir pela primeira vez neste ano e direto no Paulistão contra Pinheiros, a equipe mais forte, teoricamente, do campeonato. Já conhecemos o adversário e esperamos realizar um grande jogo com nossos atletas da base, das seletivas e até algumas contratações indicadas pelo ex-técnico da seleção brasileira Washington Nunes e outras por técnicos da região”, relata Periquito.

O provável time que começará o duelo contra Pinheiros: Victor Castro, no gol (base); Yuri, na ponta esquerda (base), Jhonatan Goiano, meia esquerda (contratado); Bruno, central (base); Lucas, meia direita (base); Diogo, ponta-direita (contratado) e André, pivô (contratado).

Na terça-feira (17), o Sesi Araraquara enfrentará o vencedor ou perdedor do jogo entre Guarulhos e Santos, que será realizado no dia anterior.

Economista no gol

Victor de Castro, de 21 anos, araraquarense, nascido em 7 de maio de 1999, aluno do 4º ano de Economia, na Unesp de Araraquara, pratica o handebol desde 2012, quando começou nas escolinhas do Sesi.

Em 2013, integrou as equipes de competições da Fundesport com incentivo da ‘bolsa atleta’ e desde então defende a meta do handebol da Fundesport.

“Eu já faço estágio na minha área, vou me formar no ano eu vem e pretendo continuar na equipe para disputar o Campeonato Paulista, Jogos Regionais e Jogos Abertos do Interior”, afirmou o economista e goleiro.

Desafio, força e inteligência

O armador central araraquarense Bruno do Nascimento Liz Theodoro escolheu o handebol pela dinâmica da modalidade.

“O handebol é muito mais desafiador, mais intenso nos contatos, exige força e inteligência”, define Bruno.

Já a estreia contra Pinheiros no Paulistão, Bruno antecipa um jogo importante como uma final de campeonato. “Nossa equipe está mais competitiva e que ser campeã. Enfrentar Pinheiros no primeiro jogo e como se fosse uma final antecipada”, observa o armador central.

Aluno do 2º ano de Educação Física, na Unip local, Bruno pretende seguir a carreira de atleta nas próximas cinco temporadas.

Apoiadores

O handebol de Araraquara tem apoio de Mid Sports, JP World Shop, Majestade, COC Araraquara, Arapress, Charanguinha, Bild, World   Game, Salsa Gourmet, Hand Cola, Essencial, Spoleto, Global Esportes, Supermercado Scarpim, Sinergia, Rodoani Transportes, Semplice Web Soluctions,  Planetfit e The Jungle.