Início Esporte

CBF reajusta valores e eleva premiação da Copa do Brasil 2022

Ferroviária tem garantido, pelo menos, R$ 620 mil reais na primeira fase do torneio

34
Crédito: Lucas Figueiredo/CBF

A CBF anunciou reajustes nos valores e elevaram a premiação da Copa do Brasil de 2022, que começa no mês de fevereiro.

O campeão do torneio pode levar pra casa algo em torno de R$ 79,57 milhões, diferente da edição anterior, que foi de R$ 73,6 milhões.

Assim como nas edições anteriores, os clubes foram divididos em três grupos, sendo que os valores da premiação são diferentes para cada um deles.

Só a partir da terceira fase, os valores serão iguais para todos os participantes e contará com a presença das equipes da Libertadores.

O grupo 1 é formado pelas equipes que estão entre as 15 melhores no Ranking Nacional de Clubes, enquanto o Grupo 2 estão equipes que disputam o Brasileiro da Série A em 2022 e o grupo 3 são as demais agremiações.

A Ferroviária está no grupo III e já tem garantida a premiação de R$ 620 mil. No ano passado, o valor era de R$ 560 mil.

Confira a premiação fase a fase da Copa do Brasil 2022:

1ª fase: R$ 1.270.000 (Grupo 1) / R$ 1.090.000 (Grupo 2) / R$ 620 mil (Grupo 3)
2ª fase: R$ 1,5 milhão (Grupo 1) / R$ 1.190.000 (Grupo 2) / R$ 750 mil (Grupo 3)
3ª fase: R$ 1,9 milhão
Oitavas: R$ 3 milhões
Quartas: R$ 3,9 milhões
Semi: R$ 8 milhões
Vice: R$ 25 milhões
Campeão: R$ 60 milhões

Os clubes que estão em cada grupo:

Grupo 1: América (MG), Athletico (PR), Atlético (MG), Bahia (BA), Ceará (CE), Corinthians (MG), Cruzeiro (MG), Flamengo (RJ), Fluminense (RJ), Fortaleza (CE), Grêmio (RS), Internacional (RS), Palmeiras (SP), Santos (SP) e São Paulo (SP)

Grupo 2: Atlético (GO), Avaí (SC), Botafogo (RJ), Coritiba (PR), Cuiabá (MT), Goiás (GO), Juventude (RS) e Red Bull Bragantino (SP)

Grupo 3: ABC (RN), ASA (AL), Alagoinhas (BA), Altos (PI), Anápolis (GO), Azuriz (PR), Bahia de Feira (BA), Brasil (RS), Brasiliense (DF), Botafogo (SP), Campinense (PB), Cascavel (PR), Castanhal (PA), Chapecoense (SC), Ceilândia (DF), Costa Rica (MS), CRB (AL), Criciúma (SC), CSA (AL), Ferroviária (SP), Ferroviário (CE), Figueirense (SC), Fluminense (PI), Globo (RN), Glória (RS), Guarani (SP), Humaitá (AC), Icasa (CE), Juazeirense (BA), Lagarto (SE), Londrina (PR), Manaus (AM), Maricá (RJ), Mirassol (SP), Moto Club (MA), Náutico (PE), Nova Iguaçu (RJ), Nova Venécia (ES), Novorizontino (SP), Paraná Clube (PR), Paysandu (PA), Ponte Preta (SP), Porto Velho (RO), Portuguesa (RJ), Pouso Alegre (MG), Oeste (SP), Operário (PR), Operário (MT), Real Noroeste (ES), Remo (PA), Rio Branco (AC), Salgueiro (PE), Sampaio Correa (MA), São Raimundo (RR), São Raimundo (AM), Sergipe (SE), Sousa (PB), Sport (PE), Tocantinópolis (TO), Tombense (MG), Trem (AP), Tuna Luso (PA), TunTum (MA), União (MT), URT (MG), Vasco da Gama (RJ), Vitória (BA), Vila Nova (GO) e Volta Redonda (RJ)

Com informações do Jornal O Globo