Início Esporte

Ferroviária aceita convite e deve disputar a Libertadores Feminina

Clube aguarda posicionamento da Conmebol para participação do torneio continental

188
Guerreiras Grenás aguardam oficialização por parte da Conmebol - Crédito: Jonatan Dutra / Ferroviária

Fim do mistério. Após a desistência do Flamengo/Marinha, a Ferroviária confirmou que participará da Copa Libertadores Feminina, que será disputada entre os dias 11 e 27 de setembro, em Quito, no Equador.

Como a reportagem da RCIA Araraquara havia divulgado na última sexta-feira, a CBF confirmou que a vaga seria do time araraquarense, que apenas aguardava uma oficialização por pate da entidade. Resta agora a confirmação da Conmebol.

Esta será a terceira participação do clube na Libertadores Feminina. Em 2015, em sua primeira disputa, a equipe conquistou a competição. No ano seguinte, acabou ficando na fase de grupos e agora lutará pelo bicampeonato continental.

Confira a nota divulgada pelo clube na tarde desta terça-feira:

“A Ferroviária vem a público informar aos seus torcedores, patrocinadores e imprensa que recebeu indicação da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) como segundo representante do Brasil na disputa da Copa Libertadores da América Feminina 2019, que será realizada em Quito, no Equador, entre os dias 11 e 27 de outubro.

A diretoria Afeana aceitou. No entanto, aguarda posicionamento oficial da CONMEBOL, confederação organizadora da competição sulamericana. O convite aconteceu devido à extinção da equipe do Rio Preto e à desistência do Flamengo em virtude de compromissos com a Marinha.

A Ferroviária se sente lisonjeada em receber a indicação da CBF para representar o Brasil pela terceira vez na principal competição continental e espera que, caso confirmado o convite da CONMEBOL, possa participar novamente do campeonato de modo a orgulhar toda a nação Afeana.”