Início Esporte

Ferroviária vence e garante classificação às quartas da Libertadores Feminina

Nathane marca mais dois e se isola na artilharia da competição com sete gols

214
Crédito: Tiago Pavini / Ferroviária S/A

Na noite desta terça-feira, a Ferroviária carimbou a classificação à fase quartas de final da Libertadores Feminina.

Jogando diante do Estudiantes de Caracas-VEN, as Guerreiras Grenás mais uma vez golearam por 4 a 1, em partida disputada no estádio Olímpico Casablanca.

Nathane, duas vezes, Aline Milene e Luana fizeram para o time grená. Lizcano descontou para o time venezuelano.

O resultado leva a Locomotiva aos seis pontos e divide a primeira colocação com o Deportivo Cuenca-EQU, que goleou o Mundo Futuro-BOL, por 5 a 1, e garantiu também vaga no mata-mata.

Na última rodada, a Ferroviária e Cuenca se enfrentam para definir a primeira colocação do Grupo B, nesta sexta-feira, às 19h (horário de Brasília).

O JOGO

Em partida muito truncada, a Ferroviária não conseguiu ter o mesmo desempenho apresentado na última partida, contra o Mundo Futuro-BOL.

Mais defensivo, o Estudiantes de Caracas não dava espaço para o time grená atacar e se deu muito bem na defesa.

As principais chances foram criadas por Rafa Mineira, aos 16 minutos, quando arriscou chute de fora da área e acertou a trave.

Outro lance de perigo aconteceu aos XX minutos. Maglia dá belo lançamento até Rafa Mineira e cruza na área. Nathane finaliza na pequena área e Hernandez faz grande defesa, espalmando para fora da área.

Na segunda etapa, as Guerreiras Grenás voltaram melhor e insistiram pelas jogadas do lado esquerdo. E assim saiu o gol.

Aos sete minutos, Barrinha lança na área até Nathane. A atacante domina, finta a marcação e bate forte, no canto esquerdo de Hernandez, para abrir o placar: 1 a 0.

Com o gol sofrido, o treinador do Caracas, Orlando Mejia, começou a fazer mudanças para levar o time mais para o ataque, mas começou a deixar mais espaços para a o time de Araraquara.

Aos 21 minutos, Rosana faz grande jogada pelo lado direito e acha Nathane, que entra na área e chuta cruzado. A bola explode na trave direita e sai pela linha de fundo.

Aline Milene fez golaço e deu passe para Nathane marcar o terceiro gol da partida – Crédito: Tiago Pavini / Ferroviária S/A

Muito mais no campo de ataque, a Locomotiva não permitia a equipe venezuelana de chegar ao seu campo de defesa, mantendo a posse de bola e tomando conta do jogo.

Já aos 33 minutos, as Guerreiras chegariam ao segundo gol. Em bela troca de passes desde o campo de defesa, passando até pelos pés da goleira Luciana, Rafa Mineira lança na esquerda para Aline Milene. A meia avança e manda a bomba de fora da área. Hernandez se estica toda, mas não evita o golaço grená: 2 a 0.

E não parou por aí. Aos 41, o terceiro gol. Rafa Mineira lança para Aline Milene, que dá uma meia lua na adversária dentro da área e toca na pequena área para Nathane desviar para o gol: 3 a 0.

No minuto seguinte, logo após a saída de bola, Maglia vacila e a bola sobra para Luzcano, que chuta na entrada da área e marca um belo gol: 3 a 1.

Já aos 48, em cobrança de escanteio, Barrinha levanta na área, a zaga tenta cortar, mas sobra para Luana chutar e fazer o quarto gol grená no Equador.

Estudiantes de Caracas – Hernandez; Sosa, Mendoza, Pimeda e Yessica Rodriguez; Valecillos (Morales), Dayane Rodriguez, Arguelles e Lizcano; Villasana (Chacon) e Florez (Garcia). Técnico: Orlando Mejia

Ferroviária – Luciana; Monalisa (Gabi Arcanjo), Géssica, Luana e Barrinha; Maglia, Rafa Mineira e Rosana (Rafa Andrade); Aline Milene, Nathane e Nenê (Thaicyane). Técnica: Tatiele Silveira