Início Esporte

Morre, aos 68 anos, o treinador Luiz Carlos Ferreira, o Ferreirão

Lendário "Rei do Acesso", como era conhecido, treinador teve passagem rápida pela Ferroviária e comandou diversos times do interior e do Brasil

918
Crédito: Hamilton Pavam 8/3/2014

Morreu na noite deste domingo, aos 68 anos, o treinador Luiz Carlos Ferreira, mais conhecido como Ferreirão, onde marcou história no interior paulista, com acessos e títulos, ganhando a alcunha de “Rei do Acesso”.

De acordo com o portal Futebol Interior, Ferreirão tratava de um câncer na cabeça, onde havia feito uma cirurgia há dois anos no local, porém a doença voltou meses atrás e estava internado em um hospital na cidade de Leme, onde residia.

Natural de São José do Rio Preto, o “Rei do Acesso” se destacava como jogador de futebol de salão, logo depois se tornou preparador físico entre os anos 70 e 80. Porém, foi na beira do gramado onde ganhou notoriedade.

Nos anos 90 e início de 2000, comandou diversas equipes do interior paulista, como Guaratinguetá, Taubaté, Rio Branco, Ponte Preta, Comercial, Corinthians de Presidente Prudente, Matonense, São Caetano, Santo André, XV de Piracicaba, Marília, Guarani, União de Araras, Paulista, Inter de Limeira, Lemense e Ferroviária, onde teve curta passagem em 2008, durante a disputa da Série A2 do Paulista.

Com a Matonense, Ferreirão conquistou três acessos seguidos, levando a equipe à elite do Campeonato Paulista.

Fora do estado de São Paulo, passou também por Figueirense-SC, Maringá-PR, Brasileiense-DF, Clube do Remo-PA e Sport-PE.