Início Esporte

Novorizontino perde para o Floresta e encerra participação na Série D

Na tarde deste sábado (23), o time paulista recebeu o Floresta, no estádio Jorge Ismael de Biasi, e foi derrotado por 2 a 0

35
Crédito: Maria Pauloa Laguna

Com o acesso conquistado, o Novorizontino encerrou sua participação no Campeonato Brasileiro Série D. Na tarde deste sábado (23), o time paulista recebeu o Floresta-CE, no estádio Jorge Ismael de Biasi, e foi derrotado por 2 a 0, na segunda partida da semifinal. Como a ida terminou empatada por 1 a 1, a equipe cearense avançou à final.

O Floresta agora aguarda a definição da outra semifinal, entre Mirassol e Altos-PI, que se enfrentam neste domingo (24), às 15h45. Na primeira partida, o time paulista goleou por 4 a 0 e tem boa vantagem.

O primeiro tempo foi marcado por muita posse de bola do Novorizontino, mas forte marcação do Floresta, que não deixava espaços. Com isso, houve poucas chances de gols para os dois lados. A primeira foi dos visitantes, logo aos seis minutos. Em contra-ataque, Thalisson recebeu cruzamento e cabeceou muito bem, no cantinho, exigindo grande defesa do goleiro Giovanni.

O Novorizontino assustou aos 29, com chute de fora da área de Léo Baiano, e aos 34, com cabeçada de Bruno Aguiar após escanteio. O Floresta ainda teve uma boa chegada no final, mas o zagueiro tirou a bola da pequena área antes que chegasse no atacante Flávio Torres.

A etapa final começou bem mais movimentada e com gol cearense aos três minutos. Luís Soares cobrou escanteio, a bola voltou e ele cruzou novamente para a área. Após desvio de cabeça, Flávio Torres completou e deixou o Floresta à frente do placar.

Aos dez minutos, o segundo gol só não saiu por conta de um milagre de Giovanni. Isso porque, em rápido contra-ataque, Thalison invadiu a área e ficou cara a cara com o goleiro, que saiu bem do gol e defendeu.

Mesmo com a tentativa em exercer pressão, o time paulista não conseguiu criar boas chances. Bem postado na defesa, o Floresta explorou os contra-ataques e as bolas paradas. Aos 31, teve outra chance em escanteio, com boa cabeçada de Willian Goiano.

Aos 36, o Novorizontino perdeu sua melhor chance. Após cruzamento e desvio de cabeça de Bruno Aguiar, a bola ficou livre para Guilherme Sodré na pequena área, mas o atacante cabeceou mal e mandou para fora. Com o avanço do Novorizontino, a defesa ficou exposta e o Floresta definiu sua classificação com gol aos 51 minutos. Núbio Flávio ficou cara a cara com o goleiro e não desperdiçou.

Com informações da FPF.org.br