Início Esporte

Palmeiras abre vantagem e fica próximo das semifinais da Copa do Brasil

Verdão abre 3 a 0 em cima do Vovô e pode perder até por dois gols de diferença no jogo de volta

14
Crédito: César Greco / Ag. Palmeiras

O Palmeiras deu um importante passo rumo às semifinais da Copa do Brasil na tarde desta quarta-feira (11) ao ganhar do Ceará-CE, por 3 a 0, no Allianz Parque. Foram três gols em um período de quatro minutos já no final do primeiro tempo.

Os dois times voltam a se enfrentar na próxima quarta-feira (18), às 19h, no Castelão, em Fortaleza-CE. O Palmeiras pode perder até por dois gols de diferença que se classifica, enquanto derrota por três leva a decisão para os pênaltis.

Na tentativa de superar os desfalques, o Ceará-CE entrou em campo pensando em se defender, tanto que não deu um chute ao gol de Jailson no primeiro tempo. O Palmeiras, por outro lado, teve algumas oportunidades, mas não conseguiu assustar o gol de Prass.

Com volume, o Palmeiras foi às redes em dose tripla. Aos 35 minutos, Gustavo Scarpa aproveitou sobra dentro da área e bateu rasteiro por baixo das pernas de Fernando Prass. O Ceará-CE sentiu e viu Raphael Veiga completar cruzamento de Gabriel Verón aos 37.

O apagão alvinegro continuou e o Palmeiras fez o terceiro dois minutos depois. Gabriel Verón recebeu longo lançamento, puxou para o meio e bateu colocado, por cobertura de Fernando Prass, anotando um lindo gol.

O Ceará-CE voltou com quatro alterações para o segundo tempo, mas quem quase marcou logo aos três minutos foi o Palmeiras. Gustavo Scarpa cruzou rasteiro e Willian, dentro da pequena área, bateu por cima.  Na sequência, o time cearense teve duas oportunidades para diminuir.

A primeira foi em finalização de Leandro Carvalho dentro da área. Aos 26 minutos, Wescley recebeu em velocidade e chutou rente a trave de Weverton. Depois, o árbitro chegou a marcar pênalti para o Ceará-CE em Leandro Carvalho, mas voltou atrás após consultar o VAR. No contra-ataque, o Palmeiras quase marcou o quarto aos 42 mimnutos. Gabriel Silva chutou forte e Fernando Prass espalmou, a última chance do jogo.