Início Esporte

Por conta de crise, Cruzeiro anuncia dispensas de Edílson e Robinho

Paralisação por conta da pandemia obriga Raposa dispensar dois jogadores experientes do elenco

20
Crédito: Divulgação

O Cruzeiro segue se reestruturando financeiramente durante a crise e isso acaba afetando o seu atual elenco. Desta vez, o lateral-direito Edílson e o meia Robinho acabaram entrando neste “corte” e tiveram os seus contratos rescindidos.

Anteriormente, a dupla topou reduzir os salários para ficar na Raposa e disputar a Série B do Brasileiro. Mesmo assim, a paralisação do futebol por conta da pandemia do coronavírus (COVID-19) agravou a situação e a diretoria celeste optou pelas dispensas.

“Infelizmente, devido ao cenário que envolve o Clube nos últimos anos, precisamos chegar a essa decisão extrema. Robinho e Edílson são atletas vitoriosos, que contribuíram para o time com grandes conquistas, e nós os agradecemos muito”, disse Sérgio Santos Rodrigues, presidente do clube, em nota divulgada.

“Um dos principais compromissos da nossa gestão é preservar a saúde financeira do Clube, e foi isso o que pesou na decisão. Continuamos, porém, atentos ao mercado para reforçar o elenco dentro da nossa realidade e contamos com a compreensão dos nossos torcedores para o nosso momento”, completou.

Com contrato até o fim deste ano, Edílson chegou na Toca em 2018, mas as seguidas lesões atrapalharam o seu desempenho, fazendo apenas 75 partidas, marcando três gols.

Já Robinho estava no clube desde 2016 e tinha vínculo até 2021. Com 180 jogos e 25 gols marcados, o jogador conquistou dois bicampeonatos: Copa do Brasil (2017 e 18) e o Campeonato Mineiro (2018 e 19).