Início Esporte

Por conta de lesão, Neymar é desconvocado da Seleção Brasileira

Além do atacante, o meio-campista Gabriel Menino também está fora da seleção por ter positivado para Covid-19

21
Crédito: Lucas Figueiredo / CBF

Na noite desta quinta-feira, a CBF informou que o atacante Neymar foi desconvocado da Seleção Brasileira, que enfrentará Venezuela e Uruguai, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022, no Catar.

O jogador passou por exames médicos, em São Paulo, e não conseguiria se recuperar a tempo de uma lesão no adutor da perna esquerda. Ele já não estaria em campo diante dos venezuelanos e o técnico Tite trabalhava com a possibilidade de tê-lo diante do Uruguai.

– Ele se apresentou na segunda-feira e, desde então, foi submetido a um trabalho intensivo de fisioterapia. Ele apresentou boa evolução, mas não suficiente para que estivesse disponível para o jogo contra o Uruguai. Hoje, ao chegarmos em São Paulo, nós já tínhamos programado de realizar ultrassonografia para acompanharmos a resposta da sua cicatrização – declarou o médico da seleção, Rodrigo Lasmar.

Além dele, o meio-campista Gabriel Menino, do Palmeiras, foi diagnosticado com Covid-19 e também foi desconvocado, retornou para capital paulista e está isolado, sob observação do departamento médico palmeirense.

Com isso, somou-se sete cortes desde a lista divulgada para os compromissos pelas Eliminatórias. Também por Covid-19, ficaram de fora o zagueiro Éder Militão e o volante Casemiro, ambos do Real Madrid. Já os lesionados foram Rodrigo Caio (Flamengo), Phillipe Coutinho (Barcelona) e Fabinho (Liverpool).

O Brasil encara a Venezuela nesta sexta-feira, às 21h30, no Morumbi. Na terça, encara o Uruguai, às no estádio Centenário, em Montevidéu.