Início Esporte

Saída de presidente reaproxima Saul Klein do São Caetano

Mesmo com a aquisição das ações da Ferroviária, Klein continuará investindo no clube do coração

191
Nairo Ferreira não tentará releição no São Caetano em 2020 - Crédito: Reprodução

Mesmo adquirindo as ações da Ferroviária, o empresário Saul Klein, ex-herdeiro das Casas Bahia, continuará ajudando a equipe do São Caetano. Quem garante é o então presidente do clube, Nairo Ferreira.

Em entrevista ao jornal Grande ABC desta quinta-feira, o mandatário disse se afastará do futebol em 2020 e garante que Klein continuará os seus investimentos no Azulão, que disputará a Série A2 do Campeonato Paulista e Série D do Brasileiro.

“Estou totalmente cansado de fazer futebol. Serei grande torcedor e incentivador, mas não tenho interesse em voltar ao comando no ano que vem. E se o Bia (apelido do vice-presidente do São Caetano, Roberto Campi) quiser ficar (no cargo ao tentar reeleição), vou apoiar como nunca para ser nosso novo presidente”, declarou.

“Esteve sempre conosco, desde o início, e permanece. Eu saindo, ele (Klein) vem junto com o Bia e eles continuam dirigindo o futebol profissional do São Caetano”, completa Nairo.

Recentemente, o presidente do Azulão, que está no comando há três décadas, havia pedido afastamento da função para tratar de problemas médicos.

Com a permanência de Saul Klein, o seu filho, Philip, deverá estabelecer residência em Araraquara, onde tomará conta dos negócios envolvendo a Ferroviária.

A empresa MS Sports, que Klein toma conta, adquiriu 50% das ações que pertenciam a Know-How e prometem investir no crescimento do clube, tanto na montagem de elenco quanto no investimento nas categorias de base e na construção de um Centro de Treinamento com alojamento e refeitório.