Início Esporte

São Paulo goleia o São Caetano e Red Bull Bragantino vence de virada pelo Paulistão

Equipe do Morumbi superou o Azulão por 5 a 1, enquanto o time de Bragança Paulista triunfou contra o São Bento

31
Crédito: Rodrigo Corsi/Paulistão

Duas partidas marcaram o retorno do Paulistão na noite deste sábado (10). O São Paulo conquistou uma grande vitória ao golear o São Caetano por 5 a 1, com direito a gol do estreante Eder. Já o Red Bull Bragantino venceu o São Bento por 2 a 1, de virada.

No Morumbi, o São Paulo mostrou superioridade e abriu o placar logo aos quatro minutos com Arboleda. Mesmo à frente no placar, os mandantes continuaram no ataque e ampliaram com Rodrigo Nestor e Reinaldo. O São Caetano até diminuiu com Guilherme Castro, em chute de fora da área, mas o São Paulo logo esfriou a reação com gol de falta de Daniel Alves. No segundo tempo, o estreante Eder ainda fez o quinto e fechou o placar.

Com a vitória, o São Paulo chegou a dez pontos na liderança do Grupo B, enquanto o São Caetano segue sem vencer, com um ponto, na quarta e última colocação do Grupo D. O time também está na lanterna (16º) da classificação geral, formando o Z2 com o Botafogo.

O São Paulo volta a campo já na próxima segunda-feira (12), às 20h, quando recebe o Red Bull Bragantino no Morumbi, em São Paulo, pela sétima rodada. Na quarta-feira (14), é a vez do São Caetano, que recebe o Novorizontino no estádio Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul, pela quinta rodada.

No estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba, o São Bento até saiu na frente, mas perdeu para o Red Bull Bragantino por 2 a 1. Diego Tavares abriu o placar, mas Helinho e Ytalo garantiram a vitória. Com isso, o São Bento segue com dois pontos na quarta e última colocação do Grupo B, enquanto o time de Bragança Paulista lidera o Grupo C com 11 pontos.

Como citado, o Red Bull Bragantino volta a campo na segunda-feira (12) contra o São Paulo. Já o São Bento joga na terça-feira (13), às 20h, diante do Santo André, no Canindé, em São Paulo, pela quinta rodada.

Com informações da FPF.org.br