Início Ferroviária

Atacante da Ferroviária rompe ligamento cruzado e está fora do Paulistão

Clube luta contra o tempo para inscrever novo jogador e pode recorrer na categoria de base

161
Yuri (na disputa de bola) está fora do Paulistão - Crédito: Tiago Pavini / Ferroviária S/A

Apesar da boa fase dentro de campo da Ferroviária, o mesmo não pode se dizer sobre lesões dentro do elenco.

A baixa da vez é o atacante Yuri, que rompeu o ligamento cruzado no joelho e está fora da disputa do estadual. O tempo de recuperação é de seis meses.

Durante coletiva realizada na tarde desta quarta-feira, o treinador Sérgio Soares confirmou a lesão do atacante.

Agora, o clube luta para inscrever um novo jogador até esta sexta-feira, prazo final de inscrições na primeira fase, e está no mercado na busca por uma contratação.

“Estamos de olho no mercado, em atletas para preencherem esta última vaga. Não está fácil, até porque não se pode contratar jogador que disputam outra divisão da Federação Paulista de Futebol. Olhando para outros estados e de times que estão bem em seus campeonatos, dificilmente eles liberam. Está bem complicado, mas o Pedro [Martins, CEO] e o Rodrigo [Possebon, gerente de futebol], estão trabalhando 24 horas com esta possibilidade”, contou Soares.

No regulamento da competição, mais precisamente no Artigo 21, impossibilita que outro atleta, independente da série que estiver do Campeonato Paulista, podendo ser inscrito  apenas por uma única equipe.

Porém, existe a possibilidade da Locomotiva recorrer à categoria de base. O atacante Davi, um dos destaques do time na Copa São Paulo de Futebol Júnior deste ano, pode ser inscrito. Por não ter um ano de clube (estava na base do Rio Claro), o jogador teria que ser inscrito na Lista A da competição.

Já o atacante Ceará, anunciado no começo do ano, mas que não foi inscrito na competição.

O Treze-PB, detentor do seu passe, pediu o seu retorno, mas não foi liberado pela Ferroviária por ter contrato vigente até o fim do Paulistão.

Atacante David já está treinando com o elenco profissional e pode ser inscrito – Crédito: Tiago Pavini / Ferroviária S/A