Início Destaques

De virada, Ferroviária vence o São Paulo e se classifica no Brasileiro Feminino

Em noite de Patrícia Sochor, Guerreiras Grenás dominam na segunda etapa e chegam a sete jogos sem derrota

33
Crédito: Tetê Viviani

A Ferroviária carimbou sua vaga à próxima fase e derrotou o São Paulo, de virada, por 2 a 1, na noite deste domingo, na Fonte Luminosa, pela penúltima rodada do Brasileiro Feminino.

Gláucia abriu o placar para o Tricolor, mas no segundo tempo, Patrícia Sochor, duas vezes, virou e decretou a vitória para as Guerreiras Grenás.

Com o resultado, as Guerreiras subiram para quarto lugar e chegaram aos 29 pontos. De quebra, este foi o sétimo jogo seguido sem derrota dentro da competição.

Na última rodada, as partidas acontecerão na quarta-feira, às 19h30, com exceção de Vitória e Osasco Audax, que jogam às 15h. A Ferroviária faz clássico diante do São José, no Martins Pereira, enquanto o São Paulo pega o Grêmio, no Marcelo Portugal, em Cotia.

O JOGO

A partida começou equilibrada com as equipes disputando espaço no meio de campo. Porém, o São Paulo é quem começou a dar as caras no ataque e exigia trabalho da goleira Luciana.

A insistência deu resultado aos 28 minutos. Em jogada rápida pelo lado direito, Gláucia recebe cruzamento na área e fuzila para o gol aberto para abrir o placar: 1 a 0.

Mesmo com a vantagem, o Tricolor quase ampliou aos 33 minutos. Yaya parte com a bola dominada no meio de campo e chuta de longe. Luciana pula no ângulo e evita um golaço na Fonte Luminosa, mandando a pelota para escanteio.

As Guerreiras Grenás chegaram com perigo apenas aos 43 minutos. Em belo lançamento de Carol Tavares, a bola chega para Rafa Mineira, que vai até a linha de fundo e cruza rasteiro. Sochor desvia, mas a bola vai mansa para a defesa de Carla.

Na segunda etapa, a Ferroviária começou a explorar mais o campo de ataque e o gol de empate saiu já aos 14 minutos. Em cobrança de falta na área de Barrinha, Sochor desvia de cabeça e a bola vai no canto esquerdo de Carla: 1 a 1.

Aos 31 minutos, quase o são Paulo fica novamente a frente no placar. Em cobrança de falta próxima a área, Natane cobra por cima da barreira, Luciana toca na bola e ela bate no travessão.

Porém, no contra-ataque, a Locomotiva chegou ao gol da virada. Aos 32 minutos, em jogada pelo lado direito, Carol Tavares cruza na área, Chu deixa a bola passar e chega para Sochor, livre de marcação, encher o pé e fazer mais um na partida: 2 a 1.

Aos 40 minutos, Luciana apareceu para fazer grande defesa. Em chuta na entrada da área de Jaqueline, a goleirona grená voou para fazer defesa espetacular e evitou o empate.

FICHA TÉCNICA

FERROVIÁRIA 2×1 SÃO PAULO
Data/horário: domino, 11 de outubro de 2020, às 19h
Local:
estádio Fonte Luminosa, em Araraquara/SP
Arbitragem:
Leandro Bizzio Marinho, auxiliado por Alberto Poletto Masseira e Bruno Silva Jesus
Cartões amarelos: Luana e Elisa (Ferroviária); Carol, Duda, Gláucia, Roberta e Gislaien (São Paulo) 
Gols:
Sochor (aos 14′ e 34 do 2T) para a Ferroviária; Gláucia (aos 28′ do 1T) para o São Paulo

Ferroviária – Luciana; Carol Tavares, Géssica, Luana (Andreia Rosa) e Barrinha; Maglia, Rafa Andrade e Rafa Mineira (Sâmia); Aline Milene, Sochor e Chu (Elisa). Técnica: Tatiele Silveira

São Paulo – Carla; Roberta, Lauren, Gislaine e Natane; Yaya (Giovanninha), Giovana e Duda; Carol, Mylla (Jaqueline) e Gláucia. Técnico: Thigo Viana