Início Ferroviária

Em jogo equilibrado, Ferroviária empata com a Portuguesa na Série D

Com gols na segunda etapa, Locomotiva abriu o placar, mas acabou tomando empate e segue na liderança do Grupo A-7

27
Crédito: Tiago Pavini / Ferroviária S/A

Jogando na noite deste sábado, a Ferroviária recebeu a equipe da Portuguesa-RJ e empatou por 1 a 1, em partida disputada na Fonte Luminosa, pela segunda rodada da Série D do Brasileiro.

Os gols saíram na segunda etapa. Aos 16 minutos, em grande jogada pela direita, Hygor sair de dois marcadores, toca para Bruno Mezenga na área e apenas ajeita para a chegada de Nando Carandina soltar uma bomba para marcar um golaço na Fonte.

Porém, dez minutos depois, a Lusa carioca conseguiu o empate. Em vacilo no lado esquerdo, Muniz aproveita o espaço e cruza na área e Adriano, livre de marcação, cabeceia para o fundo das redes, deixando tudo igual.

Mesmo com o empate, o resultado deixou o time araraquarense ainda na liderança do Grupo A-7 com quatro pontos ao lado do time carioca.

Na próxima rodada, a Ferroviária tem novo compromisso na Fonte Luminosa, quarta-feira, às 20h30, diante do Cascavel. Já a Portuguesa faz confronto carioca diante do Bangu, também na quarta, às 15h, no estádio Luso-Brasileiro, na Ilha do Governador.

FICHA TÉCNICA

FERROVIÁRIA 1×1 PORTUGUESA-RJ
Data/horário: sábado, 26 de setembro de 2020, às 18h
Local: estádio Fonte Luminosa, em Araraquara/SP
Arbitragem: Luiz César de Oliveira Magalhães (CE), auxiliado por Fabrini Bevilaqua Costa (SP) e Fábio Rogério Baesteiro (SP)
Cartões amarelos: Lucas Mendes e Arthur (Ferroviária); Shay (Portuguesa-RJ)
Gols: Nando Carandina (aos 16′ do 2T) para a Ferroviária; Adriano (aos 26′ do 2T) para a Portuguesa-RJ

Ferroviária – Saulo; Lucas Mendes (Pastor); Anderson Salles, Max e Arthur; Nando Carandina, Dudu Vieira (Fellipe Mateus) e Tony (Felipe Sampaio); Branquinho (Hygor), Bruno Mezenga e Tiago Marques (Will). Técnico: Dado Cavalcanti

Portuguesa-RJ – Milton Raphael; Watson (Muniz), Dilsinho, Marcão e Alan Pires; Diego Guerra, Henrique e Rodrigo Yuri (Cafu); André Silva, Adriano (Douglas Skilo) e Chay. Técnico: Rogério Corrêa