Início Destaques

Ferroviária atropela o Toledo e volta a vencer na Série D

Locomotiva tomou susto, mas achou o seu jogo e aplicou sua maior goleada dentro da competição

72
Crédito: Tiago Pavini / Ferroviária S/A

Jogando na tarde deste domingo, a Ferroviária não tomou conhecimento e aplicou uma sonora goleada de 6 a 2, no estádio 14 de Dezembro, em Toledo, pela 4ª rodada do Brasileiro da Série D.

Bruno Mezenga, Fellipe Mateus e Tiago Marques, duas vezes cada, marcaram os gols grenás. Marcos Brito e Mariotto descontaram para os donos da casa.

Com o resultado, a Locomotiva assume a liderança do Grupo A-7 com oito pontos, mesma pontuação de Bangu e Cabofriense, mas ganha no saldo de gols, com sete positivo, enquanto o Toledo amargou sua quarta derrota em quatro jogos, sofrendo 18 gols, sendo 12 em dois jogos.

Na próxima rodada, a Ferroviária fará duelo paulista diante do Mirassol, no próximo domingo (11), às 19h, no estádio José Maria de Campos Maia, fora de casa. Já o Toledo pega o Cascavel, também no domingo, às 16h, no estádio Olímpico Regional, em Cascavel.

O JOGO

Logo aos 26 segundos, a Ferroviária quase abriu o placar. Em jogada pelo meio, Tony serve para Fellipe Mateus, que lança na área para Branquinho, que finta o marcador e chuta, mas Vinícius faz boa defesa e evita o gol.

Com mais posse de bola, a Ferrinha cometia os mesmos erros dos jogos anteriores e pecava no último passe, o que poderia resultar em chances claras de gol.

Aos 21 minutos, Tony dá belo lançamento para Fellipe Mateus. O meia domina a bola dentro da área, finaliza de pé esquerdo, mas é travado na hora da conclusão.

Porém, aos 25 minutos, o Toledo aproveitou o vacilo da defesa grená para abrir o placar. Rômulo levanta bola na área, Mariotto cabeceia, Saulo faz grande defesa, mas no rebote, Marcos Brito cabeceia para balançar as redes: 1 a 0.

Após a abertura do placar, o Porco se retrancou e esperava a equipe araraquarense chegar ao seu campo para que pudesse encaixar um contra-ataque, mas não conseguia se aproveitar dos erros para chegar novamente até a meta do goleiro Saulo.

Aos 46 minutos, Tony dá belo lançamento na esquerda para Branquinho, cruza rasteiro para Bruno Mezenga empurrar para as redes: 1 a 1.

Antes do término da primeira etapa, a Locomotiva conseguiu chegar ao gol da virada. Aos 48, Max dá belo lançamento da defesa para Bruno Mezenga que, de dentro da área, chuta rasteiro e o goleiro Vinícius acaba aceitando: 2 a 1.

Logo no primeiro minuto da segunda etapa, a Ferroviária amplia o marcador. Tony dá belo passe para Arthur, que dribla e toca para a chegada de Fellipe Mateus, que bate da entrada da área e acerta o canto esquerdo: 3 a 1.

Aos 13 minutos, quase o Toledo desconta. Em contra-ataque, Mariotto recebeu livre do lado esquerdo, entrou na área e finalizou, mas Saulo fez grande defesa.

Quatro minutos depois, a Locomotiva fez mais um. Tony da passe açucarado para Fellipe Mateus, que bate na saída de Vinícius: 4 a 1.

Sem chances para o adversário, a equipe visitante sobrou em campo e fez mais um. Aos 21 minutos, Bruno Recife cruza na área, Tiago Marques, que havia acabado de entrar no lugar de Bruno Mezenga, faz de cabeça: 5 a 1.

Impossível, a Locomotiva estava sem freio e fez mais um. Aos 26, Tony cobra escanteio na área, Bruno Recife desvia e Tiago Marques, de peixinho, completa para as redes: 6 a 1.

A equipe da casa conseguiu descontar aos 32 minutos. Em novo vacilo da defesa, Mariotto subiu mais que Anderson Salles e descontou para o Porco: 6 a 2.

Já aos 43 minutos, quase a Locomotiva chegou ao sétimo gol. Em boa troca de passes, Lucas Mendes acha Jhoninha dentro da área e toca na esquerda para Tiago Marques, que solta uma bomba, mas a bola explode no travessão.

FICHA TÉCNICA

TOLEDO-PR 2×6 FERROVIÁRIA-SP
Data/horário: domingo, 4 de outubro de 2020, às 16h
Local: estádio 14 de Dezembro, em Toledo/PR
Arbitragem: Edson da Silva (SC), auxiliado por Wagner Junior Bonfim Ledo e Zacarias Chumlhak
Cartões amarelos: David Jhefer (Toledo); Branquinho (Ferroviária)
Gols: Marcos Brito (aos 26′ do 1T) e Mariotto (aos 32′ do 2T) para o Toledo; Bruno Mezenga (aos 46′ e 48′ do 1T), Fellipe Mateus (a 1′ e aos 17′ do 2T), Tiago Marques (aos 21′ do 2T) para a Ferroviária

Toledo – Vinícius; Mateus (Coutinho), Murilio Batalha e Etury; Felipe Recife, Marcos Brito (Corrêa), Paulo Henrique e Rômulo (Lúcio); Mariotto e David Jhefer. Técnico: Zé Maria

Ferroviária – Saulo; Pastor, Anderson Salles, Max e Arthur (Bruno Recife); Nando Carandina, Tony e Fellipe Mateus (Pio); Branquinho (Jhoninha), Bruno Mezenga (Tiago Marques) e Hygor (Lucas Mendes). Técnico: Leonardo Mendes