Início Ferroviária

Ferroviária e Novorizontino ficam no zero pelo Paulistão

Mais uma vez, Locomotiva perde inúmeras chances e fica no empate na Fonte Luminosa

29
Crédito: Tetê Viviani

Na tarde deste sábado, Ferroviária e Novorizontino ficaram no 0 a 0, na Fonte Luminosa, pela 10ª rodada do Paulistão 2020.

Em um jogo equilibrado, a Locomotiva criou as principais chances e poderia ter aberto o placar em duas oportunidades na primeira etapa, com Henan e Patrick Brey, mas a pontaria não estava em dia.

No segundo tempo, o Tigre também quase abriu o marcador com Jenison, porém Max salvou bola em cima da linha, evitando o pior.

Na próxima rodada do Paulistão, a Ferroviária enfrentará o Ituano, segunda-feira (23), às 20h, no estádio Novelli Júnior, em Itu. Já o Novorizontino fará duelo contra a Ponte Preta, domingo (22), às 19h, no Moisés Lucarelli, em Campinas

Antes, a Locomotiva tem compromisso pela Copa do Brasil. Na quinta-feira, a equipe enfrenta o América-MG, pelo jogo de volta da competição. Na primeira partida, as equipes empataram por 0 a 0, na Fonte.

O JOGO

Nos primeiros 10 minutos de jogo, as duas equipes optaram por fazerem lançamentos, sem muito sucesso.

A primeira chance clara de gol aconteceu aos 17 minutos por parte do Novorizontino. Jenison recebe na grande área, mas Saulo faz grande defesa. Na sequência, a zaga afastou o perigo.

Já aos 20 minutos, a Locomotiva quase abriu o placar. Adriano recua a bola errado e chega até Henan, livre de marcação. O atacante entra na área, finta o goleiro Oliveira, mas na hora da finalização, Bruno Aguiar chega a tempo para evitar o gol e manda a bola para escanteio.

A Locomotiva começou a crescer na partida. Aos 26 minutos, em boa trama no ataque, Karl cruza da esquerda, a bola chega até Claudinho, que cruza rasteiro, e Hygor tenta de letra na pequena área, mas Oliveira faz a defesa. Na sobra, Claudinho tabela com Patrick Brey e finaliza a esquerda do gol.

Aos 29, mais uma vez o time da casa desperdiçou chance de ouro. Hygor cruza da direita, a bola passa por Henan e chega até Patrick Brey, que quase debaixo do gol, chutou por cima da meta de Oliveira.

O Tigre chegou novamente ao ataque apenas aos 36 minutos. Danielzinho da finta desconcertante em Max e a bola fica com Jenison, que de fora da área, solta uma bomba, mas ela sai a direita do gol de Saulo, se perdendo pela linha de fundo.

Na segunda etapa, o Tigre voltou assustando e quase abriu o placar logo aos seis minutos. Em cobrança de escanteio na área, Bruno Aguiar cabeceia e Saulo espalma. Na sequência, Jenison pega o rebote e Max salva em cima da linha, evitando o gol.

Aos 13 minutos, a Locomotiva deu a resposta. Patrick Brey puxa contra-ataque pela direita, entra na área e toca para Hygor, que chuta, mas para em defesa de Oliveira.

A partida ficou bastante disputada no meio de campo com as equipes buscando manter a posse de bola e quase não criavam oportunidades.

Uma nova investida ao ataque aconteceu por parte da Ferroviária aos 32 minutos. Léo Artur recebe na entrada da área, finta a marcação e bate de esquerda. A bola sai raspando a trave direita e se perde pela linha de fundo.

O grito de gol grená saiu aos 38 minutos, mas foi invalidado. Caio Rangel recebe na esquerda e cruza rasteiro para Patrick Brey mandar para as redes, mas o auxiliar, Paulo César Modesto, acabou marcando impedimento.

FICHA TÉCNICA

FERROVIÁRIA 0x0 NOVORIZONTINO
Data/Horário:
sábado, 14 de março de 2020
Local: Estádio Fonte Luminosa, em Araraquara
Arbitragem: Leandro Carvalho da Silva, auxiliado por Evandro de Melo Lima e Paulo César Modesto
Público: 2.108 pagantes
Renda: R$ 27.445,00
Cartões amarelos: Paulinho, Adriano, Celsinho, Oliveira (Novorizontino)

Ferroviária – Saulo; Lucas Mendes, Elton, Max e Bruno Recife (Caio Rangel); Mazinho, Karl (Higor Meritão) e Claudinho; Hygor, Henan (Léo Artur) e Patrick Brey. Técnico: Sérgio Soares

Novorizontino – Oliveira; Celsinho, Adriano, Bruno Aguiar e Paulinho (William Formiga); Adilson Goiano, Léo Baiano (Vinícius Kiss) e Danielzinho; Cléo Silva, Jenison e Felipe Marques (Capixaba). Técnico: Roberto Fonseca