Início Ferroviária

Ferroviária está próxima de fechar com atacante revelado pelo Flamengo

Jogador estava no futebol tailandês e pode ser anunciado pela Locomotiva para a disputa da Série D

89
Crédito: Maurício Val / Vipcomm

Embalada no mercado da bola durante a pandemia do coronavírus (COVID-19), a Ferroviária pode fechar com mais um reforço de primeira para a disputa da Série D do Campeonato Brasileiro.

A bola da vez é o atacante Bruno Mezenga, que estava no Prachaup FC, da Tailândia, e pode ser o grande reforço grená para o segundo semestre.

Em informação divulgada pelo Globoesporte.com e confirmada pela RCIARARAQUARA, o jogador está por detalhes de fechar com o novo clube. O contrato valeria para as próximas duas temporadas.

Mezenga, de 31 anos, foi revelado no começo dos anos 2000 pelo Flamengo, onde chegou a ser reserva de Adriano Imperador, em 2009. Pelo o Rubro-Negro, foi campeão brasileiro daquele ano e também esteve presente na conquista da Copa do Brasil de 2006.

Natural de Niterói, o atacante também possui passagens por Fortaleza e Macaé. Já nesta década, construiu carreira no futebol europeu, passando por Légia Varsóvia-POL, Estrela Vermelha-SRB, Orduspor-TUR, Akhisar-TUR e Eskisehirspor-TUR

Em 2019, retornou ao Brasil e disputou o Paulistão pela equipe do São Caetano, onde disputou nove jogos e assinalou quatro gols. No segundo semestre daquele ano, disputou a Série B do Brasileiro pelo Vila Nova, marcando quatro gols em 11 jogos.

Bruno Mezenga em ação pelo Prachuap FC, da Tailândia – Crédito: Reprodução / Instagram

Com a chegada de Bruno Mezenga, a Locomotiva conta com nove reforços até o momento para a Série D, além do treinador Dado Cavalcanti: os zagueiros Anderson Salles (ex-Bhayangkara-IDN), Fabão (ex-Criciúma) e Matheus Salustiano (ex-São Caetano); os volantes Dener (ex-Sertãozinho) e Tony (renovação de contrato); o meio-campista Salomão (ex-Águia Negra), e os atacantes Felipe Sampaio (ex-Fluminense) e Will Viana (ex-Santo André).

A Ferroviária está no Grupo 7 da competição, juntamente com Portuguesa-RJ, Bangu-RJ, Cabofriense-RJ, Nacional-PR, Toledo-PR, Cascavel-PR e Mirassol. O primeiro confronto será diante do Nacional, fora de casa, ainda sem data marcada.