Início Ferroviária

Ferroviária não terá atacante para reta final do Paulistão

Em compensação, treinador Dado Cavalcanti poderá contar com zagueiro e outro atacante que estava no futebol italiano

94
Bruno Mezenga está fora das rodadas finais do Paulistão - Crédito: Felipe Blanco / Ferroviária S/A

Mesmo se saindo bem no mercado da bola durante a pandemia do coronavírus (COVID-19), a Ferroviária não contará com um dos contratados para o restante da temporada na reta final do Paulistão.

A documentação do atacante Bruno Mezenga, que estava no Prachuap FC, da Tailândia, não chegou a tempo para que fosse feito o seu registro na CBF e na FPF. O prazo final era até esta segunda-feira. A única possibilidade do atleta aparecer com a camisa grená na competição é caso a equipe consiga a classificação, quando o clube poderá trocar até quatro jogadores.

Outros nomes, como o zagueiro Matheus Salustiano (ex-São Caetano), o volantes Dener (ex-Sertãozinho), Dudu Vieira (ex-Santo André) e o atacante Will Viana (ex-Santo André), estão fora por terem disputado o estadual por outras equipes.

Em compensação, o treinador Dado Cavalcanti poderá contar com o zagueiro Anderson Salles, que estava no futebol da Indonésia, e do atacante Felipe Estrella, que teve seu empréstimo encerrado com a Roma-ITA. O jogador de 19 anos apareceu no BID nesta segunda-feira e pode fazer a sua estreia no profissional da Locomotiva.

O time grená encara o Ituano, nesta quarta-feira, às 16h30, no estádio do Canindé, em São Paulo. O mando é da equipe de Itu, que não poderá atuar no Novelli Júnior por conta da cidade estar na fase 1 (vermelha) do Plano SP de flexibilização durante a pandemia.