Início Ferroviária

Goleiro deixa a Ferroviária e defenderá o Paysandu em 2020

Jogador não renova vínculo com a Locomotiva e defenderá o Papão na temporada

293
Crédito: Thiago Carvalho

A Ferroviária segue a montagem de seu elenco para o Paulistão e algumas peças, que não serão aproveitadas neste primeiro semestre, começam a definir o seu futuro para 2020.

Através das redes sociais, o goleiro Gabriel Leite se despediu e não defenderá mais Locomotiva. O jogador acertou sua ida para o Paysandu-PA. O seu vínculo, que vai até o dia 1º de abril com o clube araraquarense, não foi renovado.

Gabriel Leite, de 31 anos, chegou na Locomotiva no começo de 2018, quando foi contratado para o Paulistão, sendo reserva de Tadeu. A primeira oportunidade definitiva no gol veio na Série D do Brasileiro daquele ano, quando o time caiu na primeira fase.

Na Copa Paulista, foi vice-campeão, perdendo a final para a Votuporanguense. No Paulistão, voltou a ser substituto de Tadeu. Novamente na Série D, levou a equipe até a segunda fase, quando caiu para o Cianorte, nos pênaltis.

Ao todo, foram 55 jogos com a camisa da grená. O seu último jogo com a camisa grená aconteceu no dia 12 de outubro, quando a Ferroviária foi derrotada pelo São Caetano por 2 a 1, na Fonte Luminosa, pela terceira fase da Copa Paulista.

Até o momento, a Ferroviária não oficializou ninguém para a posição. Tom, ex-São Caetano, e Pedro Henrique, ex-Cuiabá, treinam, mas ainda não foram oficializados pela diretoria. Outro que segue treinando é o goleiro José Guilherme, que teve oportunidades na Copa Paulista e deve ser aproveitado em 2020.