Início Ferroviária

Prefeitura autoriza Ferroviária a retomar atividades ao ar livre

Apesar da autorização, clube seguirá protocolo da Federação Paulista de Futebol e não fará treinamentos com bola

75
Crédito: Tiago Pavini / Ferroviária S/A

A Prefeitura de Araraquara autorizou a Ferroviária a retomar as atividades ao ar livre. O comunicado foi feito na manhã desta quinta-feira, através do boletim diário feito pelo Comitê de Contingência do Coronavírus da cidade.

O clube encaminhou a proposta feita pelo diretor administrativo, Bruno Pessotti, e do médico, Daniel Barcellos Felício, onde apresentaram “protocolo de ações para retomada dos treinos dos e das atletas de alto rendimento, do time profissional, às atividades de treinamento”, de acordo com nota divulgada pela prefeitura.

“O Comitê avaliou que a proposta condiz com as necessidades de segurança sanitária dos atletas, já que garante organização de equipes por número estabelecido de pessoas, treino ao ar livre, testagem em todos os integrantes da equipe, bem como monitoramento periódico das condições de saúde e ações de limpeza e higienização dos espaços, dentre outras”, declarou o Comitê.

Mesmo com a autorização, a Locomotiva seguirá as orientações da Federação Paulista de Futebol. Os clubes do Paulistão firmaram acordo para que as atividades voltem de forma simultânea.

Em contato da RCIARARAQUARA, o presidente do clube, Carlos Salmazo, afirmou que os jogadores passarão por mais testes para COVID-19 na próxima segunda-feira e o treinamento com bola não será iniciado neste momento.

“Nós vamos seguir o protocolo da Federação Paulista. Na segunda-feira, iremos fazer mais testes no laboratório São Lucas e, depois dos resultados, os atletas  serão divididos em pequenos grupos para atividades físicas e fisioterapia, com toda a preparação sem atividade com bola”, declarou Salmazo.

Na tarde de ontem, os clubes do Paulistão e FPF se reuniram, por videoconferência, para ajustar os protocolos para a volta aos treinamentos de forma gradual durante a pandemia do coronavírus. A expectativa é que o Governo Estadual libere a prática na próxima semana.