Início Ferroviária

Querendo se manter na liderança, Ferroviária encara o Mirassol pela Série D

Locomotiva faz confronto paulista diante do Leão, pela quinta rodada da competição

24
Crédito: Tiago Pavini / Ferroviária S/A

A Ferroviária volta a campo na noite deste domingo, às 19h, para encarar o Mirassol, no estádio José Maria de Campos Maia, pela quinta rodada do Brasileiro Série D.

Líder do Grupo A-7 com oito pontos, a Locomotiva vai em busca do resultado positivo para se manter na ponta, enquanto o Leão, fora do G-4, precisa da vitória para não ver as outras equipes se distanciarem dentro da zona de classificação.

Com uma semana cheia para trabalhar, o treinador Leonardo Mendes buscou o acerto no setor defensivo, principal ponto negativo dentro da equipe. Mesmo vindo de uma goleada sobre o Toledo, o comandante grená deixou claro que a briga pela titularidade segue em aberto para este próximo jogo.

– A partir do momento que temos uma semana cheia de trabalho, isso da abertura para que todos entrem pela disputa por vagas na equipe titular. A gente não quer que nenhum atleta fique na posição confortável pela titularidade. É importante criar um ambiente onde todos podem estar disputando e brigando pela posição. Quando se aproximar do jogo e por tudo o que foi trabalhado nesta semana, chegaremos a uma escalação ideal para este confronto contra o Mirassol – esclareceu o técnico.

Mesmo chegando no segundo semestre para a disputa da Série D, o atacante Bruno Mezenga vive grande fase na equipe e já é o artilheiro na temporada, marcando cinco gols, três deles na competição nacional. O atacante falou sobre o seu momento, do grupo e o que espera do confronto deste domingo.

– Desde quando eu cheguei, não só o clube, mas os jogadores e staff tem me acolhido muito bem e tem me ajudado bastante. Os gols têm saído porque é uma equipe que propõe muito jogo – declarou o artilheiro.

– Vai ser um jogo difícil. Têm jogadores que estiveram aqui também e sabem um pouco do time que eles vão enfrentar. Provavelmente, estão passando informações do nosso time, mas cada jogo é um jogo. Vamos estudar o time deles. Estamos preparados e a gente vem de uma boa vitória. Estamos motivados – complementou.

Desfalque de última hora, o zagueiro Anderson Salles sofreu uma lesão no treinamento de sexta-feira e é desfalque. Matheus Salustiano deve herdar vaga. A delegação grená realizou última atividade na manhã deste sábado, na Fonte Luminosa, e viajou nesta tarde para Mirassol, onde ficará concentrada até o jogo de amanhã.

Com isso, a Ferroviária deverá ir a campo com Saulo; Pastor, Matheus Salustiano, Max e Arthur; Nando Carandina, Tony e Fellipe Mateus; Branquinho (Jhoninha), Bruno Mezenga e Hygor.

Bruno Mezenga é o artilheiro da Locomotiva na Série D com três gols – Crédito: Jonatan Dutra / Ferroviária S/A

UM JOGO DIFÍCIL

O Mirassol se prepara para o duelo contra a Ferroviária e o treinador do Leão, Eduardo Baptista, enalteceu o adversário e espera um jogo difícil.

– A Ferroviária, em termos de formatação de elenco, está em nossa frente. Eles começaram antes, investiram alto e é uma equipe que vem jogando junto faz um tempo. O time é muito técnico e tem bons finalizadores, mas também temos condições de jogar. Nós temos que marcar para neutralizar, mas também manter a dinâmica que fizemos nestes primeiros jogos na competição – contou o treinador.

Diferente da Locomotiva, a comissão técnica do Leão terá desfalques para o confronto. O volante Alison segue como dúvida, enquanto o lateral-esquerdo Moraes, se lesionou e precisou passar por cirurgia no menisco do joelho esquerdo e ficará de fora. Frank, jogador da base, deverá ganhar nova oportunidade no setor.

Nesta semana, o clube confirmou as chegadas do lateral-esquerdo Luiz Henrique, ex-Atlético-GO e que pertence ao Juventus-SC, e do volante Igor Henrique, que estava no Guarani.

O Mirassol deverá ir a campo com Felipe Lacerda, Vinícius, Danolo Boza, Jonathan e Frank; Daniel, Eduardo e Léo Artur; Fabrício Daniel, Gustavo Henrique e Minho.