Início Destaques

Rodrigo Possebon e Milton Costa deixam a diretoria da Ferroviária

Diretor Técnico e Gerente das Categorias de Base anunciaram as suas saídas do clube na última semana

270
Rodrigo Possebon pediu demissão e não é mais Diretor Técnico da Ferroviária - Crédito: Tiago Pavini/Ferroviária S/A

Com a paralisação do futebol anunciada desde o última dia 15, a Ferroviária teve duas baixas importantes dentro de sua atual diretoria.

O diretor técnico de futebol profissional, Rodrigo Possebon, e o Gerente das Categorias de Base, Milton Costa, deixaram o clube na última semana.

Em sua rede social, Costa agradeceu ao clube araraquarense, por onde trabalhou nas últimas cinco temporadas, ajudando na estruturação da base, a qual tem obtido grandes resultados no Sub-15, 17 e 20. Nesta temporada, as atividades das equipes seguem suspensas por conta da pandemia do coronavírus.

“Me despeço do clube após cinco anos. Agradeço muito ao clube pela oportunidade e a cada pessoa que contribuiu para meu crescimento pessoal e profissional. Tenho certeza que o clube seguirá tralhando um caminho de muito sucesso, assim como todos que seguem no projeto! Levo com muito carinho as boas lembranças e as amizades que permanecem”, declarou.

Já Possebon pediu demissão alegando problemas particulares e não definiu qual será o seu futuro. Ele chegou no clube em outubro de 2019 como Diretor Técnico e foi mantido quando a MS Sports virou a principal acionista da Locomotiva, passando a ser Gerente de Futebol com a chegada de Pedro Martins como CEO.

Após a saída de Pedro Martins para a FPF, Possebon voltou a ter o cargo de Diretor Técnico com a chegada de Sidiclei Menezes, como Diretor de Futebol.

O Portal RCIA Araraquara entrou em contato com a diretoria do clube, através de sua assessoria, para saber sobre as saídas e se outros profissionais serão contratados, mas até o momento da publicação, não obteve resposta. Assim que retornarem, a matéria será atualizada.

As saídas acontecem quando o futebol paulista segue paralisado por conta do agravamento da pandemia do coronavírus no estado de São Paulo. O Governo Estadual prorrogou a fase emergencial do Plano SP até o próximo dia 11.

Gerente das Categorias de Base, Milton Costa esteve na Locomotiva nos últimos cinco anos – Crédito: Tiago Pavini/Ferroviária S/A