Início Geral

Frente fria pode fazer nevar no Sul e até em parte de SP

Queda na temperatura deve começar a ser sentida a partir de quarta-feira

94

Uma frente fria intensa deve causar a incidência de neve e chuva congelada nos estados da Região Sul e em parte do estado de São Paulo ao longo desta semana. As informações, divulgadas pelos institutos de meteorologia MetSul e Climatempo, apontam que a queda brusca de temperatura, originada de uma massa de ar polar vinda da Argentina deve iniciar na quarta-feira (19) e permanecer até sábado (22).

Segundo o MetSul a frente fria tem “potencial de ser um evento histórico de frio e neve” e seus efeitos poderão ser sentidos também nas regiões Centro-Oeste e Norte do país. O instituto afirma que o fenômeno será “excepcionalmente forte e abrangente para a segunda metade do mês de agosto”.Norte brasileiro, segundo o instituto.

“Uma baixa polar em níveis médio da atmosfera vai atuar sobre o Sul do Brasil. Isso vai fazer com que haja nebulosidade e instabilidade com ar muito gelado em altitude, o que, na análise da MetSul, traz uma altíssima probabilidade de ocorrência de neve no Sul do país” – informou o instituto.

A MetSul destaca que algumas projeções apontam para a ocorrência do fenômeno em lugares onde ele geralmente já acontece, como os Aparados da Serra, na divisa entre o Rio Grande do Sul e Santa Catarina, e o Planalto Sul Catarinense, mas algumas simulações que indicam que pode nevar de forma mais abrangente e em locais pouco acostumados a ver neve.

“Os modelos nas últimas horas e dias já indicaram neve no Uruguai, perto da cidade de Buenos Aires e nas províncias argentinas de Santa Fé e Entre Rios, na maior parte do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e no sul do estado de São Paulo” – ressaltou.

O Climatempo, por sua vez, alertou que a combinação da frente fria com a forte massa de ar polar e a circulação ciclônica de uma baixa pressão atmosférica podem favorecer a entrada de ventos muito frios e úmidos no sul do país.

 “Portanto, há possibilidade de neve e chuva congelada nas serras gaúchas e catarinense entre a tarde e a noite da quinta-feira (20)” – finalizou o Climatempo.