Home Geral

Goleiro quer esquecer primeiro semestre e foca na Copa Paulista

51
gabrielleite

gabrielleiteGabriel Leite assumiu o gol da Ferroviária durante a disputa da Série D

A participação da Ferroviária no Paulistão e no Brasileirão da Série D ficou aquém da expectativa depositada pelo torcedor: luta contra o rebaixamento no estadual até a penúltima rodada e a eliminação precoce no campeonato nacional sem uma única vitória.

Para apagar este início de ano, o goleiro Gabriel Leite espera uma Ferroviária melhor na disputa da Copa Paulista.

– Temos ciência de que os nossos resultados não foram bons no início do ano. Fizemos algumas boas partidas, mas no futebol isso não interessa. O que vale é o resultado. O nosso intuito agora é este. Além de fazer boas partidas é conseguir grandes resultados – declara.

O camisa 1 falou também sobre o trabalho inicial do treinador Vinícius Munhoz, ressaltando a continuidade do trabalho no qual PC de Oliveira estava fazendo frente à equipe, mas que ainda é cedo para falar sobre o trabalho do novo treinador.

– O trabalho que ele começou a fazer não muda muito daquilo que estamos acostumados pelo que nos foi passado até agora. Mas ele vem com uma mentalidade do futebol atual e, se conseguirmos levarmos isso adiante, com certeza teremos grandes resultados – enfatiza o arqueiro.

Substituto de Tadeu na Série D, Gabriel Leite comemorou a titularidade durante a competição, sendo um dos destaques da equipe, e aguardava a chance de assumir a meta grená através da continuidade de seu próprio trabalho dentro da equipe.

– Nos últimos anos, o clube teve grandes goleiros e a camisa 1 era de uma responsabilidade muito grande. Nestes primeiros jogos eu consegui mostrar o que é o Gabriel Leite no gol da Ferroviária e é importante também não se comparar aos outros, mas fazer o nosso trabalho. Além de ser um grande amigo, o Tadeu é um grande goleiro e falei a ele que o meu objetivo não era ser melhor que ele, mas ser melhor do que eu mesmo. Acredito que quem ganha com isso é a Ferroviária e espero ajudar muito, assim como eles ajudaram, mas pensando sempre no coletivo e não no individual – ressaltou o goleiro.

Sobre a Copa Paulista, Gabriel ressaltou as dificuldades do grupo da Locomotiva, mas sobre a competição estar mais difícil também nas outras chaves e crê que a equipe lutará pelo título deste ano.

– É um grupo muito forte, mas não é apenas o nosso. Temos que partir do princípio que somos os atuais campeões e, mesmo com as dificuldades dos adversários, precisamos chegar igual ao ano passado. Nosso intuito é brigar pelo título e a mentalidade não mudaria também se fosse um grupo fraco – conta o camisa 1.

A Ferroviária fará a sua estreia na Copa Paulista apenas segunda rodada, no dia 8 de agosto, quarta-feira, às 18h30, contra o Red Bull, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas.

Crédito da foto: Assessoria Ferroviária