Raízen desmente que teria 70 funcionários com coronavírus

Após testagem em seus colaboradores foram positivados 34 casos

389

Um vídeo que circulou na internet neste final de semana dava conta que as usinas que fazem parte do Grupo Raízen estariam com 70 pessoas infectadas pelo coronavírus.

Diante disto a Canasol entrou em contato com a Usina para maiores explicações a seus associados que são produtores de cana-de-açúcar e fazem uso da usina.

A Raízen esclareceu à entidade nesta manhã de segunda-feira (15) que 15 funcionários foram positivados para coronavírus na unidade Santa Cândida, no município de Bocaina, e que 199 testado. Os positivados foram prontamente isolados, em linha com orientações dos órgãos de saúde.

O Portal RCIA entrou em contato com a assessoria de imprensa da Raízen nesta tarde, onde os números para positivados aumentaram para 34 casos.

A unidade emprega 1.080 funcionários na região, e considerando os municípios vizinhos, desde o princípio da pandemia, são 4 casos confirmados de Boa Esperança do Sul-SP, 12 de Dourado-SP, 2 de Jaú-SP e 1 de Ribeirão Bonito-SP. Totalizando 34 casos.

A unidade segue operando, tomando todos os cuidados com a saúde dos funcionários, com medidas que promovem o distanciamento físico e a assepsia das instalações.

A empresa segue empenhada para manter o compromisso com a saúde e segurança dos funcionários, e para contribuir com a sociedade no combate a esta pandemia sem precedentes.

A Canasol reitera que a exemplo da Raízen e demais usinas da região, que os produtores de cana mantenham as medidas prevenção para si e para seus colaboradores, como o uso de máscara facial, a desinfecção das mãos com água e sabão ou álcool gel, a desinfecção de utensílios e ferramentas, o distanciamento seguro entre pessoas e demais medidas recomendadas pelas autoridades de saúde.