Home Política

Iniciativa contará com apoio de professores, estudantes e pesquisadores da Universidade de São Paulo

0
A Frente contará com a parceria da Universidade de São Paulo, por meio do Hospital Universitário

Na semana em que se celebra o Dia Internacional da Mulher, a Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo lançou uma nova iniciativa com foco na saúde do público feminino. Sob coordenação do deputado Rodrigo Moraes (PL), foi iniciada na quinta-feira (7) a Frente Parlamentar da Saúde Bucal da Mulher.

O projeto nasce com uma missão ambiciosa: ampliar pesquisas sobre essa temática, capacitar profissionais e montar um observatório para discutir políticas públicas de acesso a tratamentos mais adequados para mulheres de todas as idades. “É uma alegria muito grande fazer parte dessa iniciativa. Estamos colocando este foco nas mulheres, mas a gente sabe que todo esse conhecimento de saúde poderá ser replicado a todos de forma geral”, comentou Moraes.

Parceria da USP

A Frente contará com a parceria da Universidade de São Paulo, por meio do Hospital Universitário. A criação do observatório terá coordenação da professora da Faculdade de Odontologia e coordenadora do Observatório de Saúde da Mulher da USP, Silvia Vanessa Lourenço. Ela destaca que a iniciativa é inédita e trata de um tema cada vez mais objeto de atenção por parte da Organização Mundial da Saúde (OMS).

“O nosso grupo se preocupa com a saúde bucal das mulheres porque sabemos que a vida delas é feita de fases. Essas fases também se refletem na saúde bucal. Somos hoje 52% da população, por isso é importante que a mulher chegue a sua idade mais madura saudável e com a cavidade oral mais bem cuidada também”, comentou a professora.

Ainda de acordo com Silvia, o observatório será gestado no Hospital Universitário, na Capital paulista, mas há a intenção de buscar a participação de mais instituições, tanto do Poder Público quanto da iniciativa privada e do Terceiro Setor, além de agências de fomento à pesquisa. “Com o apoio do deputado Rodrigo, esperamos poder levar futuramente esse projeto para mais cidades do Estado de São Paulo”, anunciou ela.

Participaram também do evento de lançamento da Frente o urologista Oscar Eduardo Fugita, o cirurgião-dentista Carlos Alberto Adde e o cardiologista José Ramires, três profissionais ligados ao Hospital Universitário da USP.

OUTROS OBJETIVOS

Além da criação do observatório, a Frente terá como objetivo promover campanhas preventivas sobre conscientização de saúde e seus impactos, abarcando também a causa da mulher na terceira idade. Segundo o cardiologista José Ramires, a saúde bucal em dia pode reduzir a ocorrência de doenças graves, principalmente após os 65 anos. “Eu vejo essa ação como uma grande maneira para entendermos melhor a saúde da mulher e acompanharmos o envelhecimento do público feminino”, comentou.