Início Política

Bancada do Patriota se diz pronta para atuar na Câmara de Araraquara

Área social, emprego e a fiscalização das contas públicas são o foco do trio de vereadores que fará oposição na Casa de Leis

364
A bancada afirma que será oposição a atual gestão do Executivo

Faltando pouco menos de uma semana para posse dos vereadores da Câmara de Araraquara, que será em 1° de janeiro, a segunda maior bancada da Casa de Leis, pertencente ao Patriota, já está preparada para os desafios da política local.

Os três representantes do 51, Carlão do Joia, Marchese da Rádio, Dr. Marcos Garrido e o presidente do partido de Araraquara, Pedro Monteiro reúnem-se constantemente para discutir as verdadeiras necessidades do município.

Carlão, o presidente do partido Pedro Monteiro, Garrido e Marchese

Questões sociais, zeladoria, emprego e renda estão entre os assuntos levantados pelo grupo, que terá como líder de bancada na câmara, o advogado Dr. Marcos Garrido.

As contas públicas e os contratos de licitações da prefeitura também são foco de fiscalização dos vereadores.

“A política é um importante meio em que o cidadão tem de mudar a vida de muita gente. É através dela que o nosso grupo vai mostrar a diferença. Vamos acompanhar todos os processos de licitações e as contas públicas porque se houver equívocos a população é quem vai pagar o preço”, disse Dr. Garrido.

Para ele, “qualquer deslize nas contas públicas, além de gerar prejuízo, viola o princípio da moralidade e ignora o interesse público”.

Dr. Garrido tem 58 anos, atua na área contábil há 41 anos e a há 36 se formou bacharel em Direito. Depois de ver a ‘boa política’, encabeçada pelo pai e amigos dar certo, resolveu pleitear uma cadeira na Câmara Municipal de Araraquara. Foi eleito na segunda tentativa, com 901 votos, conquistando uma vaga para a próxima legislatura.

Já o vereador Marchese da Rádio, tem 48 anos e, desde criança, leva informação e prestação de serviço junto de seu pai Geraldo Marchese, na rádio Brasil FM – 104,9 e redes sociais. Com o programa “Olha a Hora” consegue chamar atenção da comunidade para a solidariedade e, assim, ajudar centenas de famílias carentes com a doação de alimentos e itens básicos.

Além de radialista, ele é cristão, ministro da eucaristia e atua em projetos sociais, na produção e distribuição de sopas às pessoas em vulnerabilidade social. É casado há mais de 20 anos e têm dois filhos. Para ajudar no orçamento familiar, também trabalha como motorista de aplicativo.

Morador do Jardim Indaiá há mais de 10 anos, o seu objetivo é fiscalizar o poder público em suas contas e atuar na área social, buscando apoio à projetos de qualificação e emprego para ajudar às famílias carentes da região norte da cidade, onde ficam os bairros Vale Verde, Jardim do Vale, Romilda Barbieri, Adalberto Roxo, entre outros. Foi eleito com 1.010 votos.

Para fechar o time do Patriota na Câmara de Araraquara, a população também conta com o comerciante de 59 anos, Carlão do Joia. Ele é proprietário de um supermercado em um dos bairros mais carentes da cidade, o Yolanda Ópice, onde reuniu a maioria de seu eleitorado. Foi eleito com 1.389 votos.

Ele conta que não está na política pelo dinheiro. “Estou indo pra câmara trabalhar e ajudar muita gente através da criação de lei e projetos sociais”, afirma Carlão do Joia. Gratidão é o sentimento que o vereador tem pela confiança da população, especialmente, do bairro que colaborou com a sua vitória.

É casado e tem dois filhos, 7 e 8 anos. Sua grande família inclui amigos que conquistou na cidade e que dá apoio nas ações sociais que desenvolve. Para ele, “a sensação de quem doa é muito maior do que quem recebe; quem nunca experimentou doar, não sabe o que está perdendo”.

Sobre a política, ele teme ser confundido com os tradicionais do país. Assim como ele, os vereadores Dr. Garrido e Marchese da Rádio prometem nada mais que “honestidade e muito trabalho”.

O presidente do partido de Araraquara, Pedro Monteiro, confirma que a atuação do trio no legislativo não será agressiva, será de luta a favor da população. “O Patriota fará oposição quando entender que o projeto não favorece o povo. Chamamos isso de oposição inteligente. Assim, a gente segue praticando a diferença”, finaliza.