Início Política

Bolsonaro: ‘Não posso assistir calado direitos serem violados’

Presidente se manifestou por meio de rede social

49

Na noite desta terça-feira (16), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) usou uma rede social para se manifestar a respeito de aliados do governo que tiveram sigilos bancários quebrados e foram alvo de uma investigação da Polícia Federal (PF).

O chefe do Executivo disse que que não pode assistir calado enquanto direitos são violados e ideias perseguidas. Ele falou ainda em tomar medidas legais para proteger os brasileiros.

“Luto para fazer a minha parte, mas não posso assistir calado enquanto direitos são violados e ideias são perseguidas. Por isso, tomarei todas as medidas legais possíveis para proteger a Constituição e a liberdade do dos brasileiros” – escreveu.

Bolsonaro também fez uma reflexão sobre o que é democracia.

“Só pode haver democracia onde o povo é respeitado, onde os governados escolhem quem irá governá-los e onde as liberdades fundamentais são protegidas. É o povo que legitima as instituições, e não o contrário. Isso sim é democracia. Queremos, acima de tudo, preservar a nossa democracia. E fingir naturalidade diante de tudo que está acontecendo só contribuiria para a sua completa destruição. Nada é mais autoritário do que atentar contra a liberdade de seu próprio povo”.