Início Destaques

Com ajuda de deputados Prefeitura investe R$ 1,5 milhão em recapeamento

Ordem de serviço para início dessas obras foi assinada nesta segunda-feira (3) pelo prefeito Edinho

68
Ordem de Serviço assinada nesta segunda-feira pelo prefeito Edinho Silva

Oito bairros de Araraquara serão beneficiados com um investimento de quase R$ 1,5 milhão em recapeamento asfáltico anunciado nesta segunda-feira (3), com a assinatura de ordem de serviço pelo prefeito Edinho.

De acordo com o documento, serão recapeados 55 quarteirões localizados em ruas e avenidas localizadas no Residencial Itália, Jardim Cambuy, São José, Centro, Fonte, Jardim Tamoio, Jardim Morumbi e Jardim Cruzeiro do Sul.

O investimento total, de R$ 1.446.559,38, é resultado de emendas parlamentares de autoria dos deputados federais Alexandre Leite (DEM), Guilherme Mussi (PP), Ana Perugini (PT), Nilto Tatto (PT) e do ex-deputado federal Valmir Prascidelli (PT).

“Agradeço muito aos deputados federais pelas emendas parlamentares que possibilitaram a vinda desses recursos para Araraquara. Nós assumimos a Prefeitura com uma situação muito ruim do asfaltamento, mas nosso programa de recuperação das vias públicas tem buscado corrigir esses problemas. Somente neste ano, de janeiro a junho, foram 157 quarteirões recapeados em todas as regiões da cidade. Vamos continuar trabalhando muito para melhorar as condições das vias públicas”, afirma o prefeito Edinho.

Desde o início da atual gestão, em 2017, já foram recapeados 589 quarteirões em toda a cidade, o equivalente a 75 quilômetros em linha reta, somando cerca de R$ 15 milhões em recursos da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos e também do Departamento Autônomo de Água e Esgotos (Daae) — nos locais onde houve troca de redes.

Estiveram também presentes no ato de assinatura os vereadores Paulo Landim (PT), Roger Mendes (Progressistas), Edson Hel (Cidadania) e Jeferson Yashuda (PSDB); a secretária de Obras e Serviços Públicos, Anna Padilha; o superintendente do Daae, Donizete Simioni; e o engenheiro civil Edmundo Rodrigo Pereira, da DGB Engenharia, empresa responsável pelas obras.