Home Destaques

Estrela do samba é homenageada na Casa de Leis

Leci Brandão recebeu o Título de Cidadã Araraquarense. A indicação foi feita pelo vereador Edson Hel

225

Foi com o Plenário lotado de admiradores que uma das maiores intérpretes de samba da música popular brasileira foi homenageada pela Câmara Municipal de Araraquara. A cantora, compositora, atriz e deputada estadual Leci Brandão recebeu o Título de Cidadã Araraquarense. A homenagem foi fruto de projeto do vereador Edson Hel (PPS), aprovado por unanimidade pelos demais parlamentares. “A Leci já fez muito para Araraquara. Em 2015, ela destinou emenda parlamentar para a realização de oficinas culturais no Centro de Referência Afro. Uma verba que beneficiou as centenas de alunos que passaram por lá”, justificou.

Carioca que vive em São Paulo desde os anos 2000, Leci tem como bandeira de sua vida a luta pela promoção da igualdade racial, pelo respeito às religiões de matriz africana e pela cultura brasileira. Sua trajetória foi reverenciada pela população e também por autoridades de Araraquara. “A Leci é uma figura emblemática. Todas as cidades deveriam homenageá-la. Por tudo que ela fez pela cultura brasileira, pelo samba, pela mulher que ela é, defensora dos direitos das mulheres, defensora da igualdade racial. Leci é uma brasileira de primeira grandeza e que merece todas as homenagens”, destacou o prefeito Edinho Silva (PT).

Foi ela a responsável por incluir o tradicional Baile do Carmo, uma celebração cultural da comunidade negra realizada em Araraquara, no Calendário Oficial de Eventos do Estado de São Paulo. Um reconhecimento muito importante para a história da cidade. “Isso é valorizar o nosso município, é elevar para outras dimensões essa festa tradicional e tão importante para nós araraquarenses”, frisou o presidente da Câmara, vereador Tenente Santana (MDB).

Porém, o feito tão significante foi explicado por ela com muita humildade e simplicidade. “Eu conheci o baile, pude cantar nele, é muito representativo para a população negra. Eu não fiz nada demais, fiz minha obrigação enquanto mulher negra que conhece a história cultural da população negra de Araraquara. Fiz isso com muita consciência e ninguém me deve favor por isso”, explicou.

Para animar a homenagem, os músicos Carrapicho Rangel e Júnior Barros interpretaram e tocaram a música da homenageada “As coisas que mamãe ensinou”. Com os olhos marejados, Leci agradeceu a receptividade de todos os presentes. Ainda ao final, a colega de trabalho na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp), deputada estadual Márcia Lia (PT), reiterou. “Leci, seja bem-vinda, você é nossa irmã, é nossa companheira de luta, você defende a soberania nacional, a democracia, os negros, as mulheres, as crianças, os idosos, as pessoas com deficiência. Você é uma habitante do meu coração e de Araraquara.”

Também estiveram presentes os vereadores Roger Mendes (Progressistas) e Thainara Faria (PT), a secretária municipal de Planejamento e Participação Popular, Amanda Vizoná, a presidente do Conselho Municipal de Combate à Discriminação e ao Racismo (Comcedir), Rita de Cássia Ferreira, a vice-presidente do Conselho Estadual de Participação e Desenvolvimento da Comunidade Negra de São Paulo, Alessandra de Cássia Laurindo, o coordenador executivo de Políticas de Promoção de Igualdade Racial, Luiz Fernando Costa de Andrade, e o presidente do Baile do Carmo, Daniel Amadeu Martins Filho.