Home Política

Ministério Público apura denúncia de desvio milionário de verba pública em Jaú

As denúncias, feitas por um servidor municipal que, segundo relatos, vem investigando esses desvios há vários anos, levantam suspeitas sobre o timing da revelação, coincidentemente às vésperas da pré-campanha municipal.

2
Ivan Cassaro, prefeito de Jaú

De acordo com publicação feita nesta semana pelo jornal Centro-Oeste de Jáú, o Ministério Público (MP) está investigando denúncia alarmante que aponta suposto desvio milionário de verba pública em Jaú. Relatório com mais de 2 mil páginas detalha que as duas empresas responsáveis pela contratação de médicos para a rede pública municipal estariam adulterando valores das horas trabalhadas pelos profissionais.

Diante dessas acusações, o prefeito Ivan Cassaro tomou medidas imediatas, ordenando a abertura de procedimento investigatório interno para apurar os fatos. “Nossa administração jamais concordará com qualquer conduta reprovável,” afirmou Cassaro, reafirmando seu compromisso com a transparência e a integridade na gestão pública.

INVESTIGAÇÃO RIGOROSA E IMPARCIAL

As denúncias, feitas por um servidor municipal que, segundo relatos, vem investigando esses desvios há vários anos, levantam suspeitas sobre o timing da revelação, coincidentemente às vésperas da pré-campanha municipal. Há quem sugira que a denúncia possa ter motivações políticas, com o objetivo de desgastar a imagem do prefeito Ivan Cassaro, cuja gestão é amplamente reconhecida como uma das melhores na história de Jaú, relata o jornal.

A administração Cassaro, que se notabilizou por acabar com antigas práticas de falcatruas e desvios de dinheiro público, está determinada a investigar a fundo essas novas alegações. “Desde o início do nosso governo, implementamos medidas rigorosas para garantir a lisura no trato do dinheiro público,” declarou o prefeito.

TRANSPARÊNCIA E COMPROMISSO COM A JUSTIÇA

É importante destacar que, em casos anteriores de denúncias infundadas, como no caso dos computadores, a administração Cassaro investigou tudo meticulosamente, prestou contas às autoridades competentes e nada foi comprovado contra a gestão. A mesma abordagem rigorosa será aplicada agora, e, se as irregularidades forem confirmadas, os responsáveis serão identificados e penalizados conforme a lei.

“Estamos comprometidos com a verdade e a justiça. Se alguma irregularidade for provada, não pouparemos esforços para corrigir a situação e garantir que os culpados sejam responsabilizados,” assegurou o prefeito Cassaro. (João Álvares Otero Pontes/Jornal Centro Oeste Regional)