Home Destaques

Talitha Martins, coordenadora de Atenção Básica na Saúde, recebe título de Cidadã Araraquarense

Profissional de saúde foi homenageada pela Câmara Municipal, em indicação da vereadora Filipa Brunelli (PT), na noite de quinta-feira (9)

171
Talitha é uma das profissionais que coordenam e estão na linha de frente de enfrentamento à pandemia da Covid-19

A coordenadora de Atenção Básica da Secretaria Municipal de Saúde, Dra. Talitha Paula Resende Martins, recebeu o título de Cidadã Araraquarense em sessão solene na Câmara Municipal na noite de quinta-feira (9). A homenagem foi proposta pela vereadora Filipa Brunelli (PT) e aprovada pelos demais parlamentares.

Nascida em Juiz de Fora (MG), Talitha é servidora da Prefeitura desde 2014, quando, depois de passar em concurso público, começou a trabalhar como médica de Saúde da Família na unidade do Jardim Iedda. Passou a gerente de Regulação em 2017 e, em 2018, assumiu a Coordenadoria de Atenção Básica.

Em sua fala no evento, o prefeito Edinho enalteceu a competência profissional de Talitha e sua capacidade de se colocar no lugar do próximo e se preocupar com as pessoas.

“Talitha é uma das profissionais que coordenam e estão na linha de frente de enfrentamento à pandemia da Covid-19. É também uma construtora do SUS [Sistema Único de Saúde] e que faz jus ao juramento feito na formatura da faculdade de Medicina. É inteira coração, movida pela paixão pelas pessoas, pela medicina e se coloca no lugar do próximo. Transborda uma energia muito positiva”, disse Edinho.

“O título de Cidadão Araraquarense é a maior honraria que alguém que não nasceu na cidade pode receber. E a vereadora Filipa foi de uma felicidade ímpar ao prestar essa homenagem. Minha imensa gratidão à Dra. Talitha”, afirmou o prefeito.

A secretária de Saúde, Eliana Honain, destacou que o título “traz o reconhecimento da população araraquarense a uma pessoa muito importante”. “Essa jovem é um dos meus ‘braços direitos’ na Saúde. Tem muita dedicação e comprometimento pelo outro. Não só a competência técnica, mas também o seu lado humano. Trabalha de segunda a domingo nos últimos 20 meses acompanhando pacientes e se dedicando no combate à pandemia. Uma profissional comprometida com o SUS. Você será sempre muito bem querida e amada pela população e pela equipe de Saúde”, disse Eliana.

A assessora de Políticas LGBTQIA+, Erika Matheus, destacou o cuidado e a preocupação de Talitha com as políticas públicas de saúde voltadas à população LGBTQIA+. “Ela tem um olhar especial para a população LGBTQIA+. Lembro bem como ela ajudou nesse processo de construção das políticas públicas para os LGBTs. Peço ajuda e sempre tenho esse amparo”, declarou.

A autora da homenagem, Filipa Brunelli, revelou que sua experiência com Talitha Martins foi positiva desde os primeiros contatos. “Ela olhou para mim como pessoa e me respeitou como gestora. Graças ao trabalho da Dra. Talitha implantamos o nome social, o protocolo de violência, o protocolo de LGBTfobia, a formação de médicos e da rede básica no que tange a gênero e diversidade sexual. Somos a única cidade do País com prontuário médico que contempla todos os gêneros. Se não fosse a Dra. Talitha, não haveria uma política de SUS voltada aos Direitos Humanos e à população LGBTQIA+. Obrigado por ser o que você é, por ser um exemplo de pessoa”, ressaltou a vereadora.

Talitha Martins agradeceu à Câmara Municipal pela homenagem e recordou momentos desde o início na medicina, sua mudança para Araraquara e os desafios enfrentados na Coordenadoria. “Foram muitos desafios, obstáculos, solidão, imaturidade. Insegurança, pois tudo era novo para mim. Mas também esperança. Amadureci muito como profissional em Araraquara”, disse a homenageada.

“Este título não é só meu, é de toda a equipe. Agradeço demais o apoio e a confiança do Edinho e da Eliana, além da equipe da Secretaria de Saúde. Na medicina, nós precisamos ter muita responsabilidade e dedicação. Prezar pelo respeito, agir com empatia e ter abordagem centrada na pessoa. Reconhecer o outro como indivíduo e saber das suas necessidades”, afirmou a coordenadora.

Também estiveram presentes na solenidade o vereador Paulo Landim (PT); as secretárias Juliana Agatte (Governo, Planejamento e Finanças) e Priscila Luiz (Comunicação); o chefe de gabinete da Prefeitura, Alan Silva; a diretora administrativa da FunGota (Fundação Municipal Irene Siqueira Alves), Joice Nogueira; o superintendente do Daae (Departamento Autônomo de Água e Esgotos), Donizete Simioni; a mãe da Dra. Talitha Martins, Regina Resende Ribeiro; além de outros coordenadores e gestores municipais.

Biografia
Nascida em Juiz de Fora (MG), Talitha Martins mudou-se para Conselheiro Lafaiete (MG) aos 2 anos de idade, onde permaneceu até a conclusão do primeiro ano do Ensino Médio, aos 15 anos; em seguida, voltou para Juiz de Fora (MG) para dar seguimento ao Ensino Médio e se preparar para o vestibular, pois já tinha o sonho de fazer Medicina.

Ingressou na faculdade de Medicina da Universidade Federal de Juiz de Fora no ano de 2004, tendo concluído a graduação em 2009. Durante a graduação, teve contato com a Medicina de Família e Comunidade e, embora tenha se sensibilizado, não havia decidido qual especialidade seguir.

Faltando um mês para a colação de grau, Talitha sofreu um acidente de carro com seu irmão e uma amiga, o que a impossibilitou de realizar as provas de residência para as quais ela havia feito inscrição; cerca de três meses depois, já formada, e após se recuperar fisicamente do acidente, mudou-se para a cidade de Congonhas (MG) e começou a trabalhar em uma unidade básica de saúde.

Em 2011, escolhas pessoais a levaram a Uberaba (MG), onde permaneceu por três anos; lá, após conhecer alguns residentes de Medicina de Família e Comunidade, decidiu prestar a prova de residência na Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM).

Ingressou na residência em 2012, tendo logo assumido uma equipe de Estratégia de Saúde da Família, onde permaneceu até a conclusão da residência médica em 2014, tendo encontrado sua vocação.

No final de 2013, prestou o concurso público para a Prefeitura de Araraquara, motivada pelos mesmos amigos que a levaram à residência de Medicina de Família e Comunidade (MFC). Começou a trabalhar como Médica de Família na Unidade de Saúde do Jardim Iedda no ano de 2014, onde permaneceu por três anos.

Em 2017, foi convidada a compor a equipe de gestão da Secretaria Municipal de Saúde como Médica Reguladora, na recém-criada Gerência de Regulação. Já em 2018, Dra. Talitha assumiu como coordenadora Executiva da Atenção Básica, dentro da Secretaria Municipal de Saúde, com o desafio de gerir as unidades básicas de saúde (UBSs), o Programa de Estratégia de Saúde da Família (ESF), a Assistência Farmacêutica e a Saúde Bucal do município.