Início Seu Pet

“Calor do cão”: veja como refrescar seu pet nos dias quentes de verão

Hidratação, ambientes ventilados e passeios em horários mais frescos ajudam no bem-estar dos animais em dias de temperatura elevada

83
Tutor deve tomar alguns cuidados para deixar o verão mais agradável e confortável para o seu bichinho de estimação

Cães, gatos e outros bichinhos sofrem bastante com o calor, assim como seus tutores humanos. O verão, inclusive, é propício para que os pets contraiam algumas doenças, como micoses, problemas gastrointestinais ou doenças infectocontagiosas. Além disso, ele podem ter queimaduras causadas pelos raios solares e desenvolver câncer de pele devido à exposição ao sol.

Ainda durante o verão, os animais podem sofrer com infestações de pulgas e carrapatos. Para evitar esse tipo de problema, além de manter o antipulgas e carrapaticida do pet em dia, deve-se dedetizar os ambientes.

Cuidados básicos que todo tutor deve ter, como manter a vacinação em dia, fornecer uma alimentação saudável e observar o comportamento do pet, ajudam a prevenir doenças durante todo o ano. No entanto, durante o verão, é importante reforçar alguns cuidados com os animais: mantê-los em conforto térmico, com água fresca, em um local adequado com ventilação e sombreamento para descanso, além de manter as vacinas e o antipulgas em dia.

Confira dicas para tornar esse período de calor mais agradável e confortável para o seu bichinho de estimação:

Atenção com a hidratação

Beber água é uma forma simples para regular a temperatura corporal, portanto, ofereça água constantemente e aumente o número de bebedouros pela casa, estimulando o animal a ingerir líquidos.

Em dias de muito calor, se não beberem água, os animais podem ficar desidratados e, em casos extremos, podem até desmaiar e precisar de internação. Alguns sinais de desidratação são apatia, respiração ofegante, taquicardia e ter os lábios, gengivas ou boca secos.
Outra alternativa que pode ajudar na hidratação é o chamado enriquecimento alimentar, como congelar petiscos e oferecê-los gelados aos pets. Essa técnica, além de refrescar o bichinho, ajuda a fornecer novas texturas e a estimular os sentidos dos animais.
Sombra e ventilação
Espaços fechados e sem ventilação podem ser perigosos para os animais. Dentro de casa, se possuir um ventilador ou ar condicionado, não hesite em ligar no ambiente onde seu gato, cachorro ou animalzinho gosta de ficar. Essa é uma forma de deixar o espaço mais agradável e aliviar o calor que ele está sentindo.

O sol também queima os animais

Ao contrário do que muita gente pode imaginar, tosar os pelos dos animais não é sempre uma boa ideia. Manter os pelos dos pets muito curtos faz com que a pele dos animais fique mais exposta ao sol e, assim como a pele humana, a deles também é sensível à radiação solar e pode sofrer queimaduras — por isso, é importante proteger seu pet com uso de filtro solar:

Lembre-se que o protetor solar feito para humanos contém substâncias que são tóxicas para cães e gatos, e não deve ser utilizado nos pets.

Hora certa para passear

O verão é a melhor época para um passeio ao ar livre. Mas, assim como colocar os pés em um piso quente é desconfortável para as pessoas, também é para os animais: mesmo que os coxins — as “almofadinhas” das patas — sejam mais grossas e robustas, para suportar lugares ásperos e o calor, eles podem queimar e causar ferimentos graves e difíceis de tratar.

Por isso, antes de levar seu pet para um passeio, coloque o pé ou a mão no chão para testar a temperatura. Se estiver muito quente para você, está muito quente para ele também, e é melhor esperar um horário mais fresco.

Piscina e mar: pode?

Para os animais que gostam e estão acostumados a entrar na água, entrar no mar ou na piscina pode ser muito divertido. Contudo, os tutores precisam tomar alguns cuidados: após os banhos, o pet precisa ser lavado com água doce, retirando todo o sal do corpo, e com produtos hidratantes que evitem o ressecamento da pele e dos pelos. É importante também limpar bem as orelhas, evitando inflamações causadas pela água.