Início Agronegócio

Agro mantém resultado positivo no PIB

A crise não afetou de forma significativa o agronegócio

14

O Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil sofreu uma queda histórica de 9,7% no segundo trimestre de 2020, em comparação com o mesmo período do ano, devido aos impactos da pandemia do novo coronavírus.

Mesmo com a queda acentuada, algumas atividades foram menos impactadas, como exportações e agropecuária, únicos setores que registraram resultados positivos, com alta de 1,8% e 0,4%, respectivamente.

De acordo com o sócio diretor da consultoria MB Agro, José Carlos Vannini Hausknecht a alta na produção de soja, açúcar e carnes, especialmente suína e de frango, puxaram a alta do PIB. “A safra de cana-de-açúcar teve uma moagem mais acelerada, o que levou a uma forte produção de açúcar e, consequentemente, maior exportação”, disse. Ele também destacou a demanda externa aquecida para o setor de proteínas, afirmando que a valorização do dólar ante o real vem mantendo os preços favoráveis para os produtos agrícolas brasileiros.

Em relação à pandemia do novo coronavírus, a visão da consultoria é de que a crise não afetou de forma significativa o agronegócio, exceto em setores como floricultura, horticultura e combustíveis.