Início Agronegócio

Nova ferramenta avalia a qualidade do plantio direto em lavouras

O sistema de plantio direto (SPD) é uma prática agrícola conservacionista consolidada no Brasil

15

Trata-se do Índice de Qualidade Participativo do Plantio Direto para Condições de Irrigação por Pivô Central o (IQPi) que foi desenvolvido pela Rede de Pesquisa SoloVivo, no âmbito do convênio Embrapa-Itaipu Binacional. 

Para o chefe-geral da Embrapa Meio Ambiente, Marcelo BoechatMorandi “O sistema de plantio direto (SPD) é uma prática agrícola conservacionista consolidada no Brasil e representa uma das principais tecnologias de produção sustentável no campo. Para que suas vantagens sejam observadas é importante utilizar o adequado manejo das culturas e do solo, especialmente em condições irrigadas”.

Já a agricultura irrigada é capaz de aumentar a produtividade de duas a três vezes em relação às lavouras de sequeiro; ela ainda reduz o custo unitário de produção e otimiza a utilização do solo durante todo o ano, com até três ciclos de culturas agrícolas no mesmo local.

Priscila de Oliveira, pesquisadora da Embrapa e uma das autoras do Índice explicou que “A aplicação do IQPi é simples e rápida, permitindo uma auto avaliação pelo produtor ou técnico da assistência rural. É um teste de perguntas e respostas  cujo resultado origina métricas de qualificação, com atribuição de notas de excelente a muito ruim, que caracterizam a condição do manejo das glebas na propriedade”.

O propósito é que o produtor use o IQPi ao longo do tempo, de forma que desenvolva um processo de melhoria contínua no sistema produtivo com eficiência no uso da água pela identificação de pontos críticos no manejo. A avaliação pode ser estendida a toda a propriedade rural, sendo consideradaaté mesmo no âmbito de uma microbacia hidrográfica se, nas áreas de sua influência hídrica, os produtores adotarem esse mesmo instrumento de gestão.

O pesquisador da Embrapa e desenvolvedor da tecnologia, Luis Carlos Hernani, disse que “Fazendo uso do IQPi, o produtor incorpora um importante benefício: a administração das glebas ou dos talhões da propriedade, podendo, a partir daí, tomar as decisões mais acertadas em relação ao manejo adotado”.