Início Agronegócio

Sindicato Rural de Araraquara recebe Tirso Meirelles, presidente do Sebrae-SP

O objetivo é possibilitar maior integração do produtor nas cadeias produtivas, qualificar produtores, trabalhadores rurais e famílias

39
Tirso Meirelles presidente do Senar e vice-presidente da FAESP/SENAR, Nicolau de Souza Freitas, presidente do Sindicato Rural de Araraquara e Luiz Henrique Scabello de Oliveira Presidente da Canasol

Na sexta-feira (31) o Sindicato Rural de Araraquara recebeu o Encontro dos Presidentes de Sindicatos Rurais e seus coordenadores, organizado pelo Sebrae-SP e Senar.

No encontro, que teve como anfitrião o presidente do Sindicato Rural de Araraquara, Nicolau de Souza Freitas, participaram o presidente do Sebrae-SP e vice-presidente da FAESP  (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de São Paulo), Tirso Meirelles e também seu superintendente Dr. Mário Biral.

O objetivo do encontro foi posicionar os 27 sindicatos presentes, sobre as conseqüências da pandemia causada pela Covid-19 no plano de trabalho do SENAR-AR/SP, bem como apresentar um contrato entre SENAR-SP/SEBRAE.

Tirso Meirelles disse que desde o início, o presidente da FAESP/SENAR-SP Dr. Fábio Meirelles, se preocupou com o corpo funcional e o escoamento da produção para que a mercadoria chegue a mesa do consumidor de forma segura. “Fizemos um trabalho junto com a ministra da Agricultura Tereza Cristina, para manter as feiras e as merendas escolares. Também trabalhamos juntos ao ministro do Transporte, para manter os caminhoneiros no escoamento da produção, liberamos as flores junto ao governo do Estado, fizemos campanha para o Etanol e surgiu a ideia de confeccionar  mais de 3,5 milhões de máscaras visando proteger o trabalhador e o produtor rural, para que tenhamos um produto seguro; toda rede sindical ajudou maravilhosamente neste sentido, e por isso não fechamos nossas atividades para que pudéssemos abastecer a sociedade,” afirmou Tirso.

Ele disse também que nossa produtividade pode alimentar a balança comercial de exportação: “Podemos fazer até três safras por ano e mostrar ao mundo que somos sustentáveis, pois o produtor rural brasileiro é o maior interessado em salvaguardar o meio ambiente, temos as melhores energias renováveis do mundo, como o etanol, o Código Florestal do Estado de São Paulo onde preservamos 20% de nossas áreas para o meio ambiente, finalizou o presidente do Sebrae-SP.

NOVO CONTRATO SENAR – SEBRAE

Meirelles também veio trazer detalhes sobre o contrato SENAR/SP e SEBRAE/SP que vai disponibilizar 143 diferentes temas de ações de Formação Profissional Rural e de Promoção Social

Atendendo à determinação do presidente do Sistema FAESP – SENAR-AR/SP- Sindicatos Rurais, Dr. Fábio Meirelles, o SENAR-AR/SP e o SEBRAE-SP firmaram contrato, em 20 de maio, para a realização de 2.850 ações de Formação Profissional Rural e de Promoção Social, no período de até 36 meses.

O contrato será operacionalizado nas seguintes áreas de Formação Profissional Rural: Apicultura, Bovinocultura de Leite, Piscicultura, Turismo Rural, Café, Olericultura, Fruticultura, Agroindústria, Eventos, Agregação e Comercialização e Feira do Produtor Rural. E nas de Promoção Social em: Alimentação, Artesanato, Educação e Organização Comunitária.

O Presidente do SEBRAE/SP, Tirso Meirelles, destacou que, com a medida as instituições poderão aperfeiçoar o agronegócio no Estado. “O objetivo é possibilitar maior integração do produtor nas cadeias produtivas, qualificar produtores, trabalhadores rurais e famílias, aumentar a competitividade, integrar o produtor nas cadeias produtivas de alimentos e bebidas, conectar o agronegócio aos planos de desenvolvimento da agropecuária paulista, fidelizar clientes, fortalecer as ações conjuntas, por intermédio da parceria, como por um modelo no agronegócio, nos próximos três anos”.

O Superintendente do SENAR/SP, Mário Antonio de Moraes Biral, Nicolau de Souza Freitas e Luís Henrique Scabello de Oliveira

Segundo o Superintendente do SENAR/SP, Mário Antonio de Moraes Biral, com o contrato, a instituição dá um grande passo para a sustentação e manutenção dos Sindicatos Rurais, principalmente, nestes tempos críticos que a pandemia vem ocasionando no desenvolvimento dos trabalhos. “O SENAR/SP com o conteúdo educacional dos seus programas e cursos e o SEBRAE/SP com a gestão dos negócios, impulsionarão a sustentabilidade da clientela empresarial e da população agregando resultados positivos para a agropecuária paulista”.

Lembrou que todas as atividades obedecerão ao Protocolo de Higiene do SENAR-AR/SP para o desenvolvimento das ações de Formação Profissional Rural e de Promoção Social do SENAR-AR/SP, com as medidas que devem ser, rigorosamente, implantadas.

“Tais medidas são essenciais e preventivas ao contágio e disseminação do Novo Coronavírus e devem ser tomadas antes, durante e após a realização das ações do SENAR-AR/SP. Visam à proteção da saúde de todos os envolvidos e o cumprimento das regras vigentes. Se não implantadas, as ações institucionais poderão ser canceladas”.

No decorrer do desenvolvimento do contrato serão realizados 143 diferentes temas de ações de Formação Profissional Rural e de Promoção Social a serem promovidas conjuntamente entre os Sindicatos Rurais e os Escritórios Regionais do SEBRAE-SP.

Com a concretização deste contrato abrem-se novas oportunidades para as demandas advindas do agronegócio paulista.