Início Artigo

Sinceramente? Estou perplexo.

Por Pedro Baptistini

78

Estamos vivendo uma crise na saúde pública global, sem qualquer precedente.

Não há cartilha previamente formulada do que os governos devem ou não fazer; enfrentamos o novo Coronavírus, ao mesmo tempo que aprendemos quais as melhores e urgentes ações a serem tomadas.

Os lugares que já logram êxito como Singapura, Taiwan, Hong Kong, Coreia do Sul e “até a China” responderam rapidamente aos desafios impostos pelo Coronavírus com isolamento impositivo, escolas fechadas, paralisação dos serviços, públicos ou privados, não essenciais, medidas de contenção econômica e comunicação efetiva.

No Brasil, o Presidente da República Jair Bolsonaro está totalmente equivocado. Um dia grava pronunciamento ao povo brasileiro pedindo respeito às orientações, no outro vai sai às ruas para abraçar seu eleitorado, enquanto mais de 10 integrantes de seu governo já confirmaram a infecção e a sua situação ainda sob análise.

Aqui em Araraquara não é diferente. O Prefeito Edinho Silva cria comitê, com muita gente, para produzir relatório diário sobre a situação. Não adota a suspensão de serviços públicos não essenciais para tranquilizar a comunidade e os servidores municipais – principalmente os da Educação e da Saúde, esses, em caso de descontrole, serão afetados pelo volume de trabalho, afastamento de suas famílias e, claro, muitos ficarão doentes.

Começam a brotar, em todo o canto da cidade, reclamações e insatisfações com essa lentidão e desorientação por parte da Prefeitura. Edinho afirmou que só tomaria outras medidas na confirmação de algum caso em Araraquara – o que seria tarde -, mas, hoje, já declarou que está estudando a paralisação de alguns serviços públicos. Muito confuso e gera desconfiança, principalmente pelo fato de que há pouco tempo Araraquara sofreu com a maior epidemia de dengue da nossa história.

Essa crise tem servido para mostrar o real tamanho de nossos governantes. Bolsonaro e Edinho Silva deixam a desejar e não tranquilizam, tão pouco lideram nesse momento.

*Pedro Baptistini, é engenheiro e presidente municipal do PDT