Início Cidade

Assistência e Desenvolvimento Social aguarda regulamentação do auxílio de R$ 600 do Governo Federal

Secretária alerta para golpes na internet e orienta as pessoas para que não procurem os CRAS ou bancos e lotéricas agora, porque o sistema ainda não está implantado 

28

O auxílio de R$ 600 para trabalhadores informais e autônomos que foi estabelecido pelo Governo Federal ainda precisa de regulamentação e, por isso, a Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social pede para que as pessoas aguardem.

Segundo o Ministério da Cidadania, o repasse dos recursos deverá ser feito a partir dos bancos federais, como Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, Basa e BNB e redes conectadas a esses braços financeiros, como lotéricas e Correios, também servirão de suporte. Ainda segundo divulgado pelo Ministério da Cidadania, mesmo as pessoas que não fazem parte do Cadastro Único do Governo Federal serão contempladas, a partir de um sistema digital que está em fase de implantação.

“Estamos aguardando esse processo de implementação que deve ser feito pelo Governo Federal. Não adianta procurar os CRAS ou os bancos e lotéricas agora, porque o sistema ainda não está implantado”, salienta Jacqueline Barbosa, secretária municipal de Assistência e Desenvolvimento Social

De acordo com o Governo Federal, serão levado em conta requisitos da lei aprovada pelo Congresso Nacional, a base de dados do Cadastro Único, além de informações que serão recebidas por um sistema digital que está em formulação para atender os beneficiários que não estão em cadastros federais.

No caso do Bolsa Família, a ideia é haver uma folha de pagamento suplementar para os beneficiários que tiverem direito aos R$ 600. Também haverá especificidades voltadas para microempreendedores individuais (MEI), contribuintes individuais do INSS e para informais. 

Fake news e golpes na internet

Enquanto a regulamentação do Governo Federal não sai, a secretária municipal de Assistência e Desenvolvimento Social alerta para as fake news sobre o assunto que surgiram nos últimos dias nas redes sociais. São mensagens com sites falsos que tentam obter dados das pessoas. “Não abram esses sites que estão circulando na internet e que sugerem agendamento para o auxílio. É fraude, é golpe e as pessoas têm que ficar atentas. Nós estamos acompanhando todo o processo e vamos divulgar assim que o Governo Federal concluir a implantação sistema”, adverte Jacqueline.