Início Cidade

Casa São Pio resgata das ruas morador queimado atrás do Mercadão

Judival teve queimaduras nas costas e já tinha uma ferida de grande extensão na perna para ser tratada

158

Segundo relato nas redes sociais da Casa de Acolhimento São Pio, na noite deste sábado (3), a entidade encontrou e acolheu o Sr. Judival Maltarallo de Moraes,  que foi queimado na madrugada da terça-feira (29), enquanto dormia atrás do Mercadão, no centro de Araraquara

O morador em situação de rua foi encontrado pelos acolhedores bastante debilitado devido às queimaduras que afetou boa parte de suas costas e a perna com uma ferida de grande extensão.

Desde o ocorrido Judival continuou na rua e no mesmo lugar, atrás do Mercadão, onde foi resgatado pelos voluntários com fome e muito sujo.

Quando aconteceu o ataque ao morador, equipes de abordagem da Assistência Social e da secretaria da Saúde localizaram o idoso, que foi encaminhado à UPA Central. Mas como temia ter sua perna amputada, fugiu da unidade. As equipes foram novamente acionadas e tiveram que convencê-lo a aceitar o atendimento.

Em nota na ultima terça-feira (29), a secretaria da Assistência Social informou que já realiza o monitoramento desse morador, que possui família na cidade e não aceita os serviços de acolhimento do setor. Ainda segundo a pasta, aceitar atendimento “é fator preponderante para a atuação das equipes do Centro Pop, Abordagem Social e Casa Transitória.

Judival está sob os cuidados da entidade que acolhe moradores em situação de rua

Os Voluntários da Associação São Pio, cuidam de Judival neste momento e afirmam que agora está tudo bem. Indignados com o ocorrido escreveram em uma postagem “Eu não consigo imaginar como um ser humano consegue maltratar o outro ao ponto de atear fogo. Mas acredito que amor gera amor. A Associação São Pio fará o possível para devolver a dignidade a este irmão, pois cuidar é a arte de amar” – afirmam eles.

Vale ressaltar que a Associação São Pio de Araraquara acolhe moradores em situação de rua e oferece a eles tratamento psicológico e terapêutico gratuito, contando com recursos advindos de doações.

Quem deseja conhecer ou ajudar a Associação São Pio pode entrar em contato pelo telefone (16) 3332-9400.