Início Cidade

Comerciantes do Santa Angelina sentem-se acuados por ações de intimidação

Tenente Santana vai pedir apoio da Guarda Civil Municipal e conversar com prefeito para mudar o Caps

179
Caps Araraquara no Santa Angelina

Representando proprietários de estabelecimentos comerciais existentes nas imediações da Escola Estadual de Primeiro Grau (EEPG) “João Batista de Oliveira” (JBO), o advogado Rodrigo Tita, em audiência com o presidente da Câmara Municipal de Araraquara, vereador Tenente Santana (MDB), entregou um abaixo-assinado com uma reivindicação que, para eles, se faz urgente.

“Desde que o Centro de Atenção Psicossocial (Caps) foi instalado no bairro, os comerciantes estão enfrentando problemas de intimidação, pequenos furtos, fugas de internos da Fundação Casa e até assaltos nas imediações. Foram dois casos no último período: uma idosa e mulher grávida foram abordadas”, informou Tita.

No documento entregue ao presidente do Legislativo consta um pedido para a remoção do Caps. “Sempre tivemos uma vida tranquila ali, pois se trata de um comércio de bairro. No começou foi normal, mas, de repente, estamos tendo que arcar com um ônus muito pesado. Todos estão muito descontentes. Não sei se existe outra solução, mas a remoção traria a paz de volta”, afirmou o advogado.

O parlamentar ouviu atentamente vários outros relatos e se comprometeu a encaminhar, nas próximas horas, uma indicação ao Executivo solicitando atenção especial ao quesito segurança. “A retirada de lá é um processo mais delicado, mas vou sugerir que haja uma alternância de locais. Vou conversar pessoalmente com o prefeito na busca de uma solução. O que faremos de imediato é solicitar, por meio dessa indicação, um apoio maior da Guarda Civil Municipal, principalmente nos horários de entrada e saída das sessões. A presença dos guardas municipais na área externa vai coibir ações delituosas e proporcionar uma sensação de maior segurança ao bairro e aos comerciantes”, frisou.