Início Cidade

Covid-19: Dos 120 casos confirmados em Araraquara 96 já deixaram a quarentena

Aguardam resultados de exames 42 pessoas, 10 pacientes continuam internados 1 em UTI

50
Araraquara aguarda resultados de exames de 42 pessoas

O Comitê de Contingência do Coronavírus Araraquara, instituído por Decreto Municipal, se reuniu nesta segunda-feira, 11 de maio, para novas deliberações a respeito do combate à transmissão do COVID-19 (Coronavírus).

Acompanhando decreto do Governo do Estado de São Paulo, que engloba todos os 645 municípios paulistas, a Prefeitura de Araraquara prorrogou até o dia 31 de maio o decreto municipal que estabelece o estado de calamidade pública e as medidas de quarentena para redução da transmissão do novo coronavírus, causador da pandemia da doença respiratória Covid-19.

O novo texto traz apenas uma alteração em relação ao anterior: fica permitido que estabelecimentos que compram materiais recicláveis de catadores autônomos possam funcionar, mas atendendo um catador por vez, mediante agendamento e de portas fechadas.

Antes, sem poder vender, os catadores estavam acumulando materiais em suas casas, aumentando o risco para criadouros de dengue.

Essa medida se faz necessária porque o Estado São Paulo vem enfrentando baixas taxas de isolamento social, abaixo dos 50%. A meta do governo é 60% e o número ideal é 70%, de acordo com a Organização Mundial da Saúde, a fim de evitar um colapso do sistema de saúde. Mas poucos municípios atingem a meta. Em Araraquara, o isolamento registrado nos últimos dias segue perto de 40%.

O Governo do Estado apresentou também quais são as condições consideradas necessárias para a flexibilização regional da quarentena: isolamento social acima de 55%, redução sustentada de novos casos da doença por 14 dias consecutivos e a ocupação abaixo de 60% nos leitos de UTI exclusivos de Covid-19.

O Governo do Estado de São Paulo também criou, na semana passada, um grupo de 16 prefeitos, dentre eles o prefeito Edinho, denominado Conselho Municipalista, que será responsável por avaliar a situação da Covid-19 em cada região do estado e planejar a futura retomada dos setores econômicos afetados pela crise, seguindo as normas e as orientações da saúde.

A primeira reunião do grupo ocorre esta tarde, em São Paulo.

Além de Araraquara, fazem parte municípios de São Paulo, Ribeirão Preto, Campinas, Santos, Sorocaba e Presidente Prudente, Marília, Araçatuba, Barretos, São José do Rio Preto, Registro, São José dos Campos, Franca e Bauru.

O Comitê reforça que continua vigorando no município de Araraquara o decreto que reconhece o estado de calamidade pública no município e todas as determinações e medidas destinadas a impedir a aglomeração de pessoas e assim evitar o contágio do Covid-19 em Araraquara.

SITUAÇÃO EPIDEMIOLÓGICA

Araraquara registra hoje, dia 11 de maio, 120 casos confirmados. Aguardam resultados de exames 42 amostras. Do total de casos confirmados, 20 permanecem em quarentena e 96 já saíram.

Hoje, 10 pacientes estão internados. Destes, 9 estão em enfermaria – sendo 8 casos suspeitos e 1 confirmado – e 1 paciente confirmado está internado em UTI.

Foram notificados, até o momento, 4 óbitos confirmados decorrentes de Coronavírus na cidade e 1 aguarda resultado de exame.

Destacamos que os casos suspeitos e confirmados, assim como seus comunicantes, estão sendo monitorados pela Secretaria Municipal da Saúde. O objetivo é orientar e cobrar o cumprimento da quarentena.

 O município possui 54 bairros com casos notificados.

Informações oficiais sobre o enfrentamento do Coronavírus no município também podem ser acessadas no site www.araraquara.sp.gov.br