Início Cidade

Depois de calote prefeitura entra na justiça para reaver dinheiro dos respiradores

O diretor da empresa diz que os respiradores foram comprados e pagos a vista, mas que a prefeitura será ressarcida, pois quem desfez o negócio foram eles

820

Há dez dias a Secretária de Saúde Eliana Honain, já dizia que a prefeitura teria que entrar na justiça para reaver os 25% do total (R$1,049 milhão), pagos na compra de respiradores da empresa R.Y. Top Brasil Ltda, que não foram entregues.
Araraquara comprou 25 respiradores eletrônicos por R$ 4,1 milhões e deu sinal de 25%, ou seja R$ 1,049 milhão, mas o negocio foi desfeito.

Nesta segunda-feira (11), a justiça bloqueou cerca de R$ 500 mil da empresa que importaria os respiradores da China.

Na ação foi requerida liminar determinando o bloqueio das contas bancárias da empresa que descumpriu suas obrigações com o Município e a Prefeitura repetirá a ação para bloqueio de bens e valores, agora dos CPF´s vinculados aos sócios e representantes legais da empresa importadora.

O diretor comercial da R.Y Top Brasil, Isaias Ladislau, afirma que os respiradores foram comprados e agora espera a empresa chinesa ressarcir o valor para então fazer o repasse à Prefeitura.

Disse ainda que a devolução está sendo providenciada, e que os ventiladores foram comprados e pagos à vista, mas estão em solo Chinês e diante de toda essa dificuldade, não compensa mais trazer para o Brasil. Até porque lá fora o custo unitário destes aparelhos já ultrapassa os US$37 mil, sem contar frete e transporte.
Mas, a devolução está sendo providenciada, a empresa nunca se negou, “tanto que quem comunicou o cancelamento do negócio fomos nós, está tudo documentado”. A Prefeitura entrou com essa ação, mas a empresa vai pagar, finalizou o diretor da importadora.

O assunto vem rendendo, tanto que toda documentação referente a esta compra já está no Ministério Público para ser analisado.