Início Cidade

Força tarefa de Araraquara interrompe festas clandestinas no final de semana

Dois eventos foram fechados pela fiscalização devido a pandemia do coronavírus ; eventos geralmente são organizados pelas redes sociais

101
Nos últimos dias, foram 144 estabelecimentos fiscalizados

Segundo Secretário de Segurança Pública coronel João Alberto Nogueira Junior, duas festas clandestinas foram interrompidas pela força tarefa de enfrentamento à pandemia, no último sábado (26), nos bairros Maria Luiza e Jardim Ieda, em Araraquara.

Os proprietários e organizadores serão identificados e responsabilizados por descumprirem a decreto vigente, que proíbe eventos com aglomeração de pessoas.

“As providências estão sendo tomadas, com a identificação do proprietário da área, para responsabilização, inclusive criminalmente. Felizmente conseguimos evitar que a festa acontecesse, pois a Guarda foi até os responsáveis, que acataram a orientação. Foi um trabalho bastante efetivo neste final de semana. Esse tipo de festa é difícil combater, já que, normalmente, são realizados em locais afastados. É uma pena, pois isso não deveria estar acontecendo nesse ano que estamos vivendo”, ressaltou ele.

Ainda de acordo com o secretário, “essas festas são normalmente organizadas pela internet e atraem muitos jovens e isso nos preocupa, pois esses jovens se expõem, sem qualquer tipo de distanciamento ou uso de máscara, e depois sabemos as consequências desses atos. A aglomeração é grande, infelizmente algumas conseguimos intervir e evitar que ela ocorra, mas no geral é difícil detectar. Nós realizamos a acompanhamento em redes sociais para tentar se antecipar, mas muitas vezes isso não é possível”, finaliza o secretário.

Nos últimos dias, foram 144 estabelecimentos fiscalizados. Dois bares foram fechados pela força tarefa por estarem funcionando em desacordo com o plano São Paulo, que proibiu o funcionamento do setor nos dias 25, 26 e 27 de dezembro.