Início Destaques

Jogadoras se despedem e Ferroviária deve passar por reformulação em seu elenco

Volante Rafa Andrade e atacante Adriane Nenê se despediram do clube; Palmeiras estaria interessado na atacante Chu

138
Crédito: Reprodução/Instagram - Millena Cravo/Ferroviária S/A

Após o vice do Paulistão Feminino, a Ferroviária deve passar por reformulação em seu elenco. Algumas jogadoras anunciaram na tarde desta segunda-feira que não farão mais parte da equipe.

Utilizando as redes sociais, a volante Rafa Andrade e atacante Adriane Nenê, que participaram do bicampeonato do Brasileirão, em 2019, se despediram das Guerreiras Grenás e agradeceram ao clube que defenderam nas duas últimas temporadas. Os seus contratos se encerram no dia 31 e não serão renovados.

– Quero comunicar oficialmente que não seguirei na Ferroviária em 2021. Foram dois anos incríveis de muito aprendizado e de muitas conquistas. No âmbito coletivo, foram conquistas e resultados que ficarão para sempre na minha memória, como a conquista do Brasileiro 2019, o vice-campeonato da Libertadores 2019 e o vice-campeonato do Paulista deste ano – declarou a jogadora de 23 anos.

Em sua terceira passagem, a multicampeã Nenê, de 32 anos, também agradeceu o carinho dado pelo clube.

– O ano está se encaminhando pro fim, e com ele se encerra também o meu vínculo com a Ferroviária. Muito obrigada por todo o aprendizado Guerreiras, tamo junto sempre e que 2021 seja um ano abençoado pra todas nós!! – desejou a atacante.

Além delas, outras jogadoras também encerram contrato no final desta temporada e não devem ter seus vínculos renovados, como a volante Maglia e a meia Elisa. A lateral-esquerda Bruna Natieli também não deve permanecer para a próxima temporada.

A atacante Chu, frequentemente chamada por Pia Sundhage para seleção brasileira, também encerra o seu vínculo com a Ferroviária neste final de ano e é presença incerta. O Palmeiras é um dos que estaria interessados em contar com a atleta a partir do ano que vem.

Além dela, o Verdão também fez proposta pela meia Rafa Mineira, mas, ao que tudo indica, deve estender o seu vínculo com o time araraquarense.

O clube ainda não confirmou reforços para 2021, mas vive a expectativa de acertar com uma nova treinadora, que deve ser Lindsay Camila, que deixou a função de auxiliar-técnica da seleção brasileira Sub-17 feminina.

A Ferroviária tem como primeiro desafio na próxima temporada a disputa da Copa Libertadores da América de 2020, que será disputada entre os dias 5 e 21 de março, na Argentina.