Início Cidade

Garrafas e sofás continuam sendo jogados nas calçadas

Em meio a uma pandemia, não há consciência da população para uma possível epidemia de dengue

52
Sofá foi jogado em uma calçada no São José

Quem anda pelas ruas de Araraquara, percebe o aumento de garrafas de cervejas jogadas pelas calçadas. Mostrando que a civilidade, mesmo em meio a uma pandemia de coronavírus, se esconde atrás da falta de educação.

No ano passado a cidade sofreu com uma epidemia de dengue passando dos 23 mil casos. Garrafas nas calçadas com água parada pode ser um dos focos de alguns bairros.

Garrafas estão na Rua Padre Duarte a 4

Em uma visita de agentes sanitários para detectar dengue no centro da cidade a reportagem pode conferir que a rua averiguada já havia alguns casos e fomos informados para que usássemos repelente, pois os números no bairro estariam aumentando.

Sofás também aparecem do nada nas calçadas, seja na periferia ou bairros mais abastados, jogar entulho ou lixo nas ruas não escolhe classe social, vem mesmo da falta de educação.

Na Avenida Pedro Aranha do Amaral n° 999, no bairro do São José, Célia Rodrigues dos Santos, contratou uma caçamba para uma obra em sua casa, horas depois ela já estava cheia com dois sofás que haviam jogado dentro dela.

Cabe agora a dona da caçamba dar destino ao entulho alheio? “É um absurdo isso, povo porco e sem noção” diz Célia revoltada com a situação.

De acordo com o que continua acontecendo na cidade, muita gente não aprendeu nada com a epidemia de dengue que vivenciamos, será que sairemos melhores da pandemia de coronavírus. Não é que o que mostra as ruas.

Vale ressaltar que o aumento de resíduos domésticos poder gerar proliferação de pragas urbanas, ajudado na proliferação desses agentes transmissores de doenças como dengue, zika, chikungunya, leptospirose, entre outras.