Início Cidade

Prefeitura já investiu R$ 6,3 milhões no combate ao novo coronavírus

Secretaria Municipal da Saúde faz prestação de contas e envia ao Ministério Público

71
Criação do Hospital da Solidariedade

A Prefeitura de Araraquara já empenhou R$ 6.376.495,22 para investimentos na implantação da estrutura de enfrentamento ao novo coronavírus, causador da pandemia da Covid-19. Os dados foram apresentados no início da noite desta quinta-feira (30) pela secretária municipal de Saúde, Eliana Honain, em uma prestação de contas ao vivo no Facebook e no YouTube da Prefeitura. O mesmo documento também foi encaminhado ao Ministério Público.

O investimento inclui apenas as despesas para implantação da estrutura (obra civil, equipamentos, insumos, entre outros) de acolhimento aos pacientes com sintomas da doença. O valor não leva em conta o custeio com manutenção dos locais e o pagamento de pessoal nos próximos meses.

Segundo Eliana, a Prefeitura teve iniciativa de sair na frente e adotar as medidas necessárias para o enfrentamento da fase de crescimento da doença em todo o estado de São Paulo, nas próximas semanas.

“Essas medidas tiveram que ser tomadas imediatamente e foram feitas, independentemente se teríamos ou não recursos de outras esferas. Organizamos a rede de assistência à saúde, para dar conta da demanda, e estamos testando o maior número de pessoas possível graças à parceria com a Unesp”, afirma a secretária.

O município registra 92 casos confirmados da doença respiratória Covid-19, com três mortes, segundo o último boletim do Comitê de Contingência do Coronavírus.

INVESTIMENTOS

Do valor investido, R$ 5.240.559,67 foram utilizados para a obra civil, os equipamentos e os insumos do Hospital de Solidariedade — hospital de campanha na antiga Novamoto, na Rua Domingos Zanin, entrada da cidade. As obras estão na fase de acabamento, e os atendimentos devem começar nos próximos dias.

O hospital terá 20 leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e 30 leitos de enfermaria para observação. Os pacientes serão transferidos ao local pelo Polo de Atendimento Estratégico do Coronavírus, que é formado pela UPA da Vila Xavier e pela Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias — o espaço religioso fica em frente à UPA e está interligado à unidade por um túnel.

Na UPA da Vila, uma excelente estrutura

O polo da Vila Xavier recebeu investimentos de R$ 229.382,00. A UPA da Vila possui nove leitos de UTI, enquanto a igreja abriga 19 leitos de enfermaria para observação de casos de baixa e média complexidade. Diariamente, cerca de 120 pessoas estão passando com sintomas gripais pela estrutura.

Além disso, outros R$ 906.553,55 foram empenhados para compra de EPIs (máscaras, luvas, aventais, toucas, óculos de proteção, sapatilhas), medicamentos, locações de alojamentos (hotéis) para isolamento de pacientes e higienização de áreas públicas.

RECEITAS

Somando todos os repasses e doações, a Prefeitura possui R$ 11.962.287,65 em receitas vinculadas ao combate à Covid-19: são R$ 5.608.974,10 em recursos do Ministério da Saúde, R$ 2.119.952,00 da Secretaria Estadual de Saúde, R$ 110.662,60 em recursos próprios do Município, R$ 1.434.468,60 repassados pelo Ministério Público do Trabalho e pela Justiça do Trabalho, R$ 2.459.865,75 enviados pelo Ministério Público Estadual e pela Justiça do Estado, R$ 121.325,00 da Justiça Federal, R$ 101.680,00 em doações de pessoas jurídicas, R$ 2.310,00 doados por pessoas físicas e R$ 3.049,60 de outros recursos.

Do total das receitas, aproximadamente R$ 5,5 milhões que ainda não foram empenhados ficarão em caixa para o custeio das estruturas e a manutenção desses atendimentos.

REDE DE SOLIDARIEDADE

Com início em 23 de março, a Rede de Solidariedade criada pela Prefeitura já arrecadou 40 toneladas de alimentos e fez a distribuição de 24 toneladas para famílias em situação de vulnerabilidade social em todas as regiões da cidade. Foi possível montar 1.610 cestas com esses alimentos. Também foram arrecadados 8.959 itens de higiene, com 3.932 já entregues aos moradores.

Em dinheiro, a Rede de Solidariedade tem atualmente R$ 4.042,00. Os recursos dessa conta vêm sendo utilizados para suprir as necessidades das famílias que não são contempladas pelas doações.

Por iniciativa da Secretaria Municipal da Educação, cestas montadas com alimentos da merenda escolar estão sendo entregues nas unidades de ensino da rede municipal para retirada das famílias em vulnerabilidade. No primeiro lote, foram distribuídas 1.914 cestas e, a partir desta semana, mais 755 serão entregues.

OUTRAS AÇÕES

Além da instalação do polo da Vila Xavier, do hospital de campanha e da criação da Rede de Solidariedade, outras ações também foram tomadas pela Prefeitura para o enfrentamento ao coronavírus, como a instalação do Comitê de Contingência, com monitoramento diário da situação do vírus em Araraquara, e a criação do Disque-Saúde para atendimento e triagem por telefone — 0800-771-7723 ou, para pessoas com deficiência auditiva, videochamada pelo (16) 99635-0544.

Seis postos de saúde também estão atendendo em horário estendido, das 7h às 20h: Jardim América, Selmi Dei I, Vila Xavier, Santa Angelina, Melhado e Jardim Iguatemi. Idosos acima de 65 anos estão sendo atendidos em casa, evitando que eles precisem sair de casa. E equipes de bloqueio fazem monitoramento diário dos pacientes suspeitos ou confirmados, seus familiares e comunicantes.

Outra medida foi a disponibilização de telefones para apoio psicológico à população e a servidores públicos neste momento difícil de quarentena e isolamento social.

Além disso, hospedagens em hotéis também estão sendo disponibilizadas para servidores da saúde positivados, com o objetivo de proteger seus familiares.

A prestação de contas também destaca a publicação de resolução que torna obrigatório o uso de máscaras protetivas pela população a partir desta sexta-feira, dia 1º de maio. A obrigatoriedade vale para espaços públicos e transporte coletivo. A mesma recomendação cabe aos funcionários e consumidores das empresas consideradas essenciais em decreto municipal e estão em funcionamento.

MAIS MEDIDAS

As outras ações apresentadas se referem à testagem dos pacientes e à orientação da população. Uma parceria fundamental entre Prefeitura, Sesa (Serviço Especial de Saúde de Araraquara) e Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Unesp possibilitou que 60 exames sejam feitos por dia, acelerando o diagnóstico.

Além disso, a Prefeitura criou site especial com boletins diários e informações sobre a doença, no www.araraquara.sp.gov.br/coronavirus. O boletim está sendo divulgado em transmissões ao vivo, enviado à imprensa e resumido em forma de tabela para as redes sociais.

Materiais informativos e de conscientização também foram produzidos, assim como edições especiais do programa Canal Direto com a Prefeitura veiculadas diariamente, às 18h30, no Facebook da Prefeitura de Araraquara.

Confira a prestação de contas completa clicando aqui.