Início Cultura e Lazer

Com apoio da TEDDEWORK, Homem de Lata realiza live no dia 6 de junho

Ideia é arrecadar, durante a transmissão, doações para instituições de caridade de Araraquara.

74
O Homem de Lata surgiu em 2011 pelas mãos do produtor artístico Tiago de Camargo (Cascabum)

Música, alegria e solidariedade. Esses são os principais pilares que prometem sustentar a live agendada pelo renomado grupo araraquarense Homem de Lata para o dia 06 de junho.  A transmissão  começa às 13h30 e será feita nos canais oficiais do grupo no Facebook (@Hdelata) e YouTube (@homemdelata). A iniciativa tem o apoio da TEDDEWORK.

Segundo Tiago de Camargo, do Homem de Lata, serão disponibilizados, durante a live, links com contas bancárias – dentre outros mecanismos- para que as pessoas façam as doações. O valor será direcionado para instituições de caridade de Araraquara ainda a definir.  Durante o show, marcam presença versões únicas de clássicos de artistas como Lulu Santos, Seu Jorge, Skank, Paralamas do Sucesso, entre outros.

“Há tempos tínhamos essa idéia de fazer uma live, porém queríamos fazer da nossa maneira e com um único objetivo: ajudar quem está passando por necessidades. Claro que estamos assustados com o momento, afinal, fomos os primeiros a parar e, com certeza, seremos os últimos a voltar. Então, reunir toda a banda teria que ser para uma causa nobre. E, dentro disso, contar com o apoio da TEDDEWORK foi essencial para conseguirmos viabilizar tudo isso. O Flor de Abóbora também faz parte do projeto. Em setembro será a vez deles”, revela Camargo.

O empresário Pedro Tedde, da Tedde Work

Pedro Tedde, do grupo TEDDEWORK, completa a idéia. “Nesse momento de tanta dificuldade, temos que nos unir para ajudar quem mais precisa. Essa iniciativa do Homem de Lata é louvável, pois sabemos que a classe artística também foi extremamente afetada. Vamos prestigiar e, quem puder, faça a sua doação”, finaliza Tedde.

RÁPIDO HISTÓRICO

O Homem de Lata surgiu em 2011 pelas mãos do produtor artístico Tiago de Camargo (Cascabum). À época, a ideia era formar um projeto percussivo que pudesse incorporar diferentes estilos e ritmos às batidas das tradicionais escolas de samba. E a fórmula foi um sucesso. De lá para cá, o grupo tornou-se um dos mais requisitados do país para festas universitárias e  grandes eventos.  No palco, renomados músicos de cordas e percussão misturam-se, todos comandados por um vocal marcante e imponente.

Texto: Matheus Vieira