Crônica da Cidade

7

“No tempo dos cafezais”, por Ivan Roberto Peroni