Início Cidade

Araraquara lamenta o falecimento do arquiteto Ricardo de Castro nesta sexta

Ricardo de Castro após estudar no Ieba e seguir o curso de arquitetura na Facolta di Archuittetura - Universitá degli studi di Roma, sendo este seu sonho, criou na sua volta da Itália um escritório voltado para projetos de arquitetura, design e decoração em Araraquara.

6278
Arquiteto Ricardo de Castro

Faleceu no começo da noite desta sexta-feira (14) em Araraquara um dos arquitetos mais conceituados do interior – Ricardo de Castro, também membro de tradicional e conhecida família da sociedade local. A preservação parcial da casa do usineiro Hélio Morganti e a sua transformação no Edifício Terra Brasil em frente a sede do Clube Araraquarense, na avenida D. Pedro II, é uma das marcas importantes do seu trabalho arquitetônico.

Nascido em 25 de maio de 1949, araraquarense da gema, Ricardo era filho de Adão Victor de Castro (in memorian) e Carmelita Magdalena de Castro; por nove anos estudou na Facolta di Archuittetura – Universitá degli studi di Roma, no período de 1972 a 1981, tornando-se um dos mais renomados profissionais da área pela sua experiência e dedicação à atividade.

Orgulho para o araraquarense arquiteto defender na Faculdade de Roma a tese de formatura imaginando a construção de uma cidade agrícola

Em nossa cidade o jovem audacioso estudou no IEBA, antigo Colégio São Bento, Instituto Educação Doutor Álvaro Guião e cursinho no Anglo de São Carlos e Anglo São Paulo. Também fez o curso de Desenho Industrial por dois anos no Mackenzie SP. Viajou para o continente europeu com chance de escolher entre Roma e Florença para cursar a faculdade de arquitetura, optou pela Universidade de Roma. Antes de voltar para Araraquara residiu na Inglaterra e Alemanha.

Um ano após seu retorno da Europa (1982), Ricardo de Castro criava sua empresa Arquitetura & Interiores que acaba de completar 30 anos de mercado. Sorridente e desempenhando brilhante carreira sempre comentava com os amigos mais chegados – como Chico Santoro: “se preciso fosse começaria tudo outra vez”, buscando no amigo músico a afirmação da sua felicidade tirada de uma das composições mais lindas da MPB.

Uma família em dois tempos mostrando alegria e felicidade

Casado com Virgínia Coutinho, Ricardo de Castro estudou no Ieba, onde falava do seu sonho em estudar arquitetura e ele praticamente foi buscar conhecimento num dos pontos do berço da civilização – a cidade de Roma. Ele deixa os filhos Ana Clara e Caio. Também o querido irmão professor Francisco Geraldo de Castro (Loco) e a mãe Carmelita, que completa 100 anos em abril.

O velório acontece até 15h na Bom Jesus e o sepultamento em seguida no cemitério São Bento.

Os sentimentos do Portal RCIA aos familiares e amigos do arquiteto Ricardo de Castro.